Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

mês

janeiro 2014

Um brinde ao resgate do antigo

Em tempos onde o mercado imobiliário coloca abaixo histórias contadas em forma de alicerce, é um prazer encontrar residências assim, onde o respeito pelo antigo fala mais alto. Diria ser uma visão que só olhos românticos conseguem ter, porque é um descobrir aos poucos verdadeiras relíquias que se escondem em paredes detonadas, veios de madeira que se revelam abaixo de grossas camadas de tinta. Exige cautela, tempo, disposição, assim como requer uma atitude de aceitar o imperfeito e adaptá-lo aos pouquinhos, conforme nossas mudanças e necessidades.

casa abril 1

casa abril 2

casa abril 3

casa abril 4

casa abril 5

casa abril 6

Todos os detalhes dessa reforma podem ser conferidos aqui.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Lavabo, o segundo cartão de visitas

Normalmente, as pessoas capricham na entrada de suas casas, afinal é ela quem dá as boas vindas. Uma bela recepção já imprime uma boa imagem e deixa as pessoas bem mais aguçadas para conhecerem todo o resto. Acho bem importante ter um carinho especial sim com esse espaço, mas já repararam que é no lavabo onde as visitas têm muito mais tempo para olhar cada um dos detalhes?

etxekodecko lavabo

Além de todo cuidado que se deve ter em relação à limpeza, uma boa iluminação contribui bastante, afinal esse costuma ser um dos menores cômodos da casa. Justamente por conta disso, também é um dos melhores lugares para tentar grandes ousadias que não arriscaria em qualquer outro lugar. No entanto, entre a dúvida de encarar uma empreitada da qual não sente muita firmeza no resultado e a possibilidade de criar um ambiente sem grandes firulas mas que dá conta do recado, a segunda opção me parece mais sensata. E isso não quer dizer que precise elaborar algo sem graça. Com a ajuda de poucos e bons acessórios, como uma saboneteira interessante, o lavabo pode ganhar muitos pontos e, assim como as demais paredes da casa, as do lavabo também merecem adornos, e essa é uma das maneiras mais eficientes de lhes conferir grande personalidade.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Etxekodeco

O que vai na mesa de centro?

lonny

Desde que me mudei para essa casa atual, ainda não cheguei num entendimento com a mesa de centro da sala de entrada. Tá sem graça, praticamente um caso bem perdido. Não acredito que exista uma regra a ser seguida que se aplique a todas as mesas de centro, mas de tanto olharmos fotos de composições bacanas por aí, é inevitável criarmos uma relação de itens que achamos que funciona ( pra gente! ) e a partir disso tentarmos criar nossa própria versão. Pensando nisso, separei alguns tópicos que podem ser bons pontos de partida:

minhacasaminha cara

1. Vasos com flores / plantas: são batidos, no entanto certeiros. Na dúvida do que colocar, eles continuam sendo uma excelente pedida, sejam sozinhos ou em grupos.

boho-3

pinterest 1

style files

2. Objetos coloridos: a partir da cor de um quadro, de almofadas, tapete, poderá eleger as cores dos objetos que reinarão na mesa de centro. Isso ajudará um bocado a criar  uma “liga” maior, diminuindo as chances de erro e contribuindo para deixar tudo muito mais harmonioso.

boho deco chic

micasa 1

3. Livros / revistas: ajudam a colorir, podem ser utilizados como “bandejas” para objetos pequenos, dizem muito sobre os moradores da casa.

cush and nooks

nicety

sfgirlbybay

4. Diferentes formatos e alturas: se a ideia é ter um punhadinho de objetos sobre a mesa, brincar com os formatos e alturas é uma maneira interessante, pois ajuda com que todos os itens tenham seu destaque garantido.

planete deco1

design files

Como podem notar, a diversidade de composições é enorme e tudo depende bastante do contexto, do formato da mesa e dos objetos disponíveis para serem expostos. É um exercício árduo, exige tempo e paciência, mas permite que a gente aprenda bastante coisa no meio do caminho.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Lonny Magazine / Minha casa, minha cara / Boho Deco Chic / Pinterest /  Style Files / Micasa / Cush and Nooks / Nicety Livejournal / Sf Girl by Bay / Planete Deco / Design Files

Ver, comer, sentir

designsponge

Grande ou pequena, uma cozinha é sempre o coração da casa. É ela que perfuma a casa com o cheirinho do bolo, de onde sai o carinho em forma de deliciosos quitutes, que gera animadas conversadas regadas por caprichosos drinks.

designsponge1

designsponge2

A dessa casa tem isso tudo e um pouquinho mais: objetos garimpados de vários cantos do mundo, uma elegante toalha bordada, prateleiras que tornam o universo culinário singular e muita entrada de luz.

designsponge3

A atmosfera é acolhedora, onde o toque da madeira, o formato do mobiliário e os ladrilhos remontam a tempos mais calmos, onde tomar um café no meio da tarde e prosear era algo corriqueiro.

designsponge4

designsponge5

Essa cozinha tem um conceito há muito esquecido: o tempo do preparo, o prazer de comer sem pressa, o alvoroço dos sentidos despertados num único ambiente.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Design Sponge

Abrindo vaga

Quantas e quantas vezes a gente não se pega por dias a fio queimando os neurônios na tentativa de criar um pequeno espaço que nos faz muita falta dentro de casa? E a realidade é que muitas vezes esse espaço precisa mesmo ser inventado, talvez não naquele lugar em que imaginávamos, mas naquele que temos disponível. Se ao lado da cama couber uma peça com um tamanho um pouquinho mais generoso, que vá mais além do que um simples criado-mudo, pode ser que a questão do tão desejado espaço para trabalhar ou da tão almejada penteadeira esteja sanada, basta um pouquinho de imaginação e o auxílio dos acessórios certos para isso se torne possível.

micasa criado

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Micasa

Grande nos detalhes

Poucas metragens, como esse apê de 37m2,  pedem sim um cuidado com a dimensão dos móveis, economia de itens e uma maior organização, mas isso tudo não significa que necessite abrir mão dos detalhes. Muito pelo contrário, os detalhes ajudam a despistar o olhar dos centímetros que faltam.

planete deco 1

Nem foi preciso abrir mão de um canto confortável de leitura. Com a escolha das peças certas, tudo é possível, e elas ainda podem assumir funções extras.

planete deco 2

Se a única saída é fazer a cama habitar a sala, então o melhor é deixar claro onde começa e termina cada ambiente, papel que o tapete desempenhou muito bem.

planete deco 4

E contar com uma cadeira como criado-mudo é muito mais que despojamento, é poder contar com mais um assento. As mesas de centro estilo ninho também são excelentes escolhas: ocupam pouco espaço e se “duplicam” quando é necessário.

planete deco 5

Mesmo com três volumes distintos de armários, todos são de linhas retas e da mesma cor, criando uma uniformidade visual.

planete deco 6

E a cozinha também tem seus caprichos, como uma cortina que deixa uma atmosfera mais intimista e adornos bem selecionados que prendem a atenção.

planete deco 8

planete deco 10

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Planete Deco

Ampliando e decorando

Portas de correr poupam um espaço incrível e, em alguns casos, são até capazes de garantir uma comunicação total dos ambientes. Mas, que tal tirar um pouquinho mais de partido desse recurso tão fabuloso adicionando uma pitada de cor?

casa abril correr

O efeito degradê fica super bacana quando se tem várias portas que trabalham juntas, mas o uso de uma cor única também não deixa nadinha a desejar:

entrei e te conheci azul

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Casa Abril / Entrei e te Conheci

Decoração afetiva

foto 1

O conforto visual não vem apenas das composições, da mistura de materiais ou da generosa luminosidade que enche o apartamento. Ele está na lembrança do lustre herdado da avó, no tempo investido garimpando o mobiliário, nas paredes decoradas pelas obras dos amigos. Uma casa onde se mora e se trabalha, que acolhe, onde se acredita que todo dia é um bom dia.

foto 9

foto 2

foto 3

foto 4

foto 5

foto 6

foto 7

foto 8

foto 10

foto 11

foto 12

foto 13

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Rio etc

Flores que falam

abeautifulmess1

Um vaso com flores alegra qualquer recinto e com um toque bem humorado alegra muito mais.

abeautifulmess2

A ideia é bem fácil de executar, você vai precisar de um vidro, que pode ser até o clássico copo de requeijão, letras adesivas, spray fosco para vidros e fita adesiva.

Use a fita adesiva para “criar” a linha onde escreverá a frase, isso evita que as letras saiam em alturas diferentes, a não ser que seja intencional. Antes de adicionar as letras ao vidro, as aplique num tecido para que boa parte de sua cola saia, isso facilitará o trabalho no momento de removê-las. Cole-as no vidro. Depois é só aplicar o spray seguindo as recomendações do fabricante. Após o tempo de secagem é só retirar as letras e pronto.

foto 3

Assim, facinho, e terá um vaso exclusivo para chamar de seu!

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: A Beautiful Mess

Blog no WordPress.com.

Acima ↑