Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

Categoria

Diversidade

Pra viver o final de semana

Fim de semana são aqueles míseros dois dias tão abençoados, mas tão abençoados que, só de pensar neles, já surge um sorriso em nosso rosto. Neles a gente pode tudo: levantar mais tarde e permanecer de pijama até a hora do almoço, ouvir o tempo passando bem de mansinho, nos ater aos pequenos detalhes imperceptíveis em dias comuns.

Pois é, tudo neles soa diferente, a gente é diferente aos finais de semana. São dias que nos permitimos viver em voz alta e nos preocupamos em ser felizes, de verdade. É porque a simplicidade mora dentro desses dias, tudo neles é especial. O restaurante muda de lugar e vira almoço no quintal, a gritaria da molecada se transforma em música, a gente definitivamente muda a roupa de nosso estado de espírito.

São dias pra jamais passarem batidos, devem é ser muito bem celebrados com flores pela casa, com o chinelo macio no pé, com a mesa rodeada de amigos, com a alegria estampada em nossa cara. Mesmo que sejam apenas dois míseros dias, que passem bem devagarinho e que a gente saiba tirar um baita proveito de cada minuto. Um fim de semana fantástico pra todos nós!

Siga o Forma:Plural no Instagram e Facebook.

Fonte: Planete Deco

Releitura de canto alemão

Canto alemão é um troço que deu certo mesmo, ideia porreta, que ultrapassou anos e continua com a validade em cima. Mas, para tudo que é bom ficar ainda melhor, uma boa releitura é sempre bem-vinda, não deixa as coisas caírem na mesmice e ainda dá aquela ajustada para que tudo se adeque ao contexto dos dias atuais.

Aqui, num espaço bem compacto, a mesa redonda faz as honras para os convivas juntamente com bancos dispostos em “L” ( combo imbatível no quesito ” aperta que cabe +1″!). Pra garantir  o conforto num longo bate-papo, assentos e almofadas, sendo que essas últimas significam a chance da renovação visual. E essas duas cadeiras? Lindonas, charme marcante. E, pra arrematar, plantinhas trazem frescor e vivacidade, quadros doam dinamismo e o pendente é pra garantir que o clima seja todo especial.

Siga o Forma:Plural no Instagram e Facebook.

Fonte: Decoholic

 

 

 

Jardins urbanos

Quem me acompanha no Instagram tá cansado de ver como curto viver com plantas. Tem do lado de dentro de casa, tem do lado de fora. Tem até flor de araque! A real é que dividir o espaço com as verdinhas faz um bem danado, é aquele contato incrível com a boa e velha natureza que a selva de pedra insiste em nos fazer esquecer.

Mas minha vida nunca foi assim, tão cercada por verde. Ralei um bocado pra aprender a lidar com as plantas( algumas espécies ainda não consegui fazer vingar 😦 ). Pensei em declinar total, mas a danada da persistência foi valente e, de cactus em cactus, consegui chegar até um pé de maracujá carregadinho. Orgulho master!

Aprendi com as inúmeras baixas uma porção de coisas, mas talvez as mais valiosas sejam a paciência e a observação. Planta demanda uma olhadinha todo dia, é preciso se certificar de que ela realmente esteja feliz. E ela dá sinal, seja em suas folhas, no crescimento, em seu aspecto de maneira geral.

Mas, mesmo assim, pode acontecer do seu exemplar verde simplesmente sucumbir, apesar de todas as cautelas possíveis e imaginárias. Sim, plantas possuem gênio e pode ser que o santo dela não bata com o seu. Mas insista, teste outra espécie, experimente outros cantos. Vale a pena.

Planta fica bem em qualquer canto, em toda ocasião, de todo jeito. É garantia de uma casa que respira, que nunca está vazia. Planta é ser vivo dos mais versáteis:  vira muro, vira objeto, vira até obra arte. É decoração, é companhia, é uma maneira de “ter o pé pra fora” todo dia.

 

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Justina Blakeney / 13zor / Curbly / Design Rulz / El Mueble / Old Brand New / Turbulences Deco

Por um 2017 bem feliz

casa-tres-chic-home-gardens-09

Como quase todo mundo, fiquei num corre louco esse fim de ano com entrega de trabalhos, férias escolares, festas e ainda precisei driblar o aperto no coração pela perda do nosso grande parceiro de 14 anos – o Jorge, o labrador mais pilantra do universo. Pois é, infelizmente a vida tem dessas coisas…Quando menos imaginamos, ela nos pega de calça curta, dá aquela baqueada, mas também aprendi que ela sempre nos dá a chance de começar outra vez. Tanto é vero que chegamos em 2017, um ano novinho pra gente tentar melhorar o que não tá bom, 365 novas oportunidades pra experimentar coisas inéditas e curtir mais as coisas velhas que já sabemos serem incríveis. É o bom e antigo bordão ” levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima” entrando em ação, fazendo brotar mesmo que das profundezas aquela vontade doida de ser feliz e ver a vida seguir com alegria seu curso. É tempo de promessas, de sonhos, de botar fé. É a hora da mudança dentro e fora da gente, momento de agarrar a coragem e realizar.

vi19-planete-deco

 Hora mais do que oportuna de abandonar antigos conceitos e medos e colocar em prática o desejo de desencanar dos pesados armários abarrotados por prateleiras que contribuem para a leveza do dia-a-dia.

floating-free-1_500

Trocar tudo de lugar, ensaiar novas cores, errar e se surpreender. Testar todas as misturas possíveis e imaginárias até chegar naquela que faz o olhos sorrirem, sabendo que o fato de enjoar faz parte do processo e representa uma oportunidade de recomeço.

10_afrcgi8-casa-vg

Deixar a luz e o vento entrarem, aproveitar em grande estilo cada hora que o dia nos proporciona. Fazer o nosso gostar virar tendência, afinal o que faz a diferença é a quantidade de felicidade que conseguimos por em cada detalhe.

desiretoinspire-malone

Descobrir que aconchego pode ter inúmeras formas. É o sofá repleto de almofadas, é a combinação de cores, é a luz de vela, é o retrato de família. Use e abuse de todos os artifícios sem se preocupar com regras. Ninguém melhor que nós mesmos para saber o que nos agrada.

espacio-living

Um 2017 cheio de possibilidades e coragem pra nós, com muitas descobertas boas pelo caminho. Por aqui já estamos começando tudo outra vez, agora com nosso novo companheiro, o Jake :).

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram aqui.

Fontes: Casa Très Chic / Planete Deco / Floating Free / Casa Vogue / Desire to Inspire / Espacio Living

Os pequenos detalhes

jeito-de-casa

Um bilhetinho escrito à mão, o arco-íris que se forma após a baita chuva de verão, uma árvore que encanta no meio da cidade. O que seria da vida sem os pequenos detalhes? Continuaria seguindo firme e forte, talvez com menos pausas e distrações, mas com certeza sem tanta graça. São os pequenos detalhes que nos dão um chacoalhão, que nos fazem botar real reparo a nossa volta ou apenas nos tornam mais alegres. Com casa também é assim. Grande parte das vezes não precisa ser nada mirabolante, precisa apenas fazer um sentido especial. É o vaso que se transforma a cada visita à floricultura, o cuidado na escolha da mão-francesa que suporta a prateleira rústica,  é a luz, é a coleção. É fazer caber vários sentimentos bacanas em quatro paredes e deixar que eles nos peguem de surpresa.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram. Conheça nossa loja aqui.

Fonte: Jeito de Casa

 

 

 

Uma casa com vagas

IMG_0648

Tem gente que sonha com a casa perfeita, aquela digna de capa de catálogo, com móveis e acessórios impecáveis, com espaço meticulosamente calculado pro tamanho da felicidade genérica.

IMG_1369

IMG_0957

IMG_1205

Eu sempre flertei com as casas imperfeitas, morei em várias delas. Pra mim, casa perfeita nunca passou de lenda, por isso prefiro casa com vagas, sempre pronta a receber intervenções, presentes, festas, amigos.

IMG_2352

IMG_1094

IMG_2344

Acredito que casa é o alicerce que moldamos com o tempo, que retrata nossas mudanças e conta a nossa história mas que, acima de tudo, é o lugar que nos acolhe e pra onde sempre temos vontade de voltar.

IMG_0841

IMG_0844

Por aqui é assim, uma casa com crianças, bichos, parentes e até desconhecidos que se tornam amigos. Nada é definitivo, permanente é só a possibilidade de uma nova mudança. Os móveis vivem em crise de identidade e levam uma vida cigana, os jardins sempre têm uma nova companhia, os cômodos se reinventam e até o dia e a noite se misturam.

IMG_0442

IMG_0409

IMG_0362

É uma casa que serve de moradia e trabalho; onde se dança, canta, reza, ri e chora. Onde os enfeites decidem por conta própria trocar de lugar ou onde as pessoas se sentem à vontade para doar um objeto de caso pensado onde deve ficar. Nem sempre as coisas estão como imaginei, estão do jeito que ficaram. E quer saber? Tá ótimo, faz um bem danado um layout versátil.

IMG_0330

IMG_0506

IMG_0393

Conto com a sorte de viver numa casa cheia, onde posso ver mais do que os meus olhos enxergam: as celebrações nas marcas de copo no aparador de madeira, a animada brincadeira nos fios puxados do tapete, as inúmeras lembranças naquela gaveta emperrada e as barulhentas reuniões dos passarinhos nas sementes que brotam ao acaso.

IMG_1145

IMG_1141

Até mesmo as louças mais metidas já entenderam que nessa casa elas precisam estar prontas a qualquer dia e qualquer hora, porque não acreditamos em datas especiais, acreditamos sim que tornar o banal extraordinário é mais uma questão de estado de espírito do que de calendário.

IMG_0106

IMG_0164

IMG_0212

Brindamos e acendemos velas em todas as estações do ano, sempre temos vagas para quem chega e também para aqueles que decidem pernoitar e usar nossa casa como férias. A piscina é pequena e aquecida a calor humano e a grama surrada é reflexo de muito jogo de bola. E embora tudo pareça um total descompromisso, uma casa com vagas é o resultado de muito envolvimento e observação, regados a uma baita dose de alegria.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram aqui. Já conhece nossa lojinha? É só clicar aqui.

Essa matéria foi desenvolvida pelo Forma:Plural e publicada originalmente na 3a. edição da Revista OcaPop.

 

 

Pau pra toda obra

freshome

Prateleira é daquelas invenções fantásticas, que podem ser adaptadas ao gosto do freguês. Tem as largas, as mais estreitas, as chamativas, as mais tímidas; tem também com diferentes acabamentos e modelos, para diversos bolsos e para múltiplas utilidades. A real é que elas são itens extremamente versáteis, que suprem numa boa a falta de vaga para acomodar um bocado de coisas e ainda podem assumir diferentes facetas de acordo com o “recheio”. Em grupos ou solitária, presa em alturas convencionais ou não, prateleira é pau pra toda obra, companhia das boas pra ter dentro de casa.

apart-therapy-bath

apart shelve

designlovefest

garance dore prat copos

justina blakekeny office

my scandinavian home prateleira

the jungalow

turbulences deco plants

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Freshome / Apartment Therapy / Designlovefest / Garance Doré / The Jungalow / My Scandinavian Home / Turbulences Déco

Pra tentar no final de semana

A semana passa rapidinho e uma porção de coisas vamos empurrando pro fim de semana, acreditando piamente que aqueles curtos dois dias irão se multiplicar para darmos conta de resolver tudo. E ainda ter tempo pro descanso, claro.

A rotina é uma coisa doida mesmo, quando percebemos já foi dia, mês, ano e todos aqueles desejos de promover grandes mudanças em nossa casa ficaram para trás, infelizmente o tempo passou rápido demais.

Por isso, acredito que investir em pequenos carinhos e mudanças valha a pena, não consomem muito tempo, evita frustrações e sobra tempo para outras coisas. Espalhar flores, por exemplo, traz uma felicidade danada e muda totalmente o astral de uma casa.

sophierobinsoninteriors

Pintar uma parede ou um móvel demanda um pouquinho mais de tempo, no entanto é capaz de promover uma mudança tão fantástica que sempre acho que vale o investimento.

justina amarelo contag

Olhar com um cuidado maior os móveis e objetos que temos pela casa. Propor novas combinações e arranjos, fazendo aparecer cantinhos singulares e com funções que nunca nos passaram pela cabeça.

espacioliving

Do mesmo modo, uma parede sem graça pode ser falta de observação e dedicação. Aproveite o domingão preguiçoso e teste aqueles quadros e gravuras guardados e experimente também instalar um novo ponto de luz pra criar um clima mais aconchegante.

HC sala

Aos poucos, vá construindo um canto dedicado ao descanso, um local de leitura, um pequeno jardim ou um espaço pra meditação, mesmo que isso demande alguns finais de semana. Se nunca começar, ele nunca ficará pronto.

Keltainen Talo Rannalla canto

Arrisque uma recepção para os amigos, perca um bom tempo com conversas e risadas. Não é preciso um cenário perfeito pra isso, um cenário improvisado e feito com capricho pode ser surpreendente.

sfgirlbybay

E no momento do verdadeiro descanso, traga para junto o toque macio das texturas e as cores que te alegram para que inicie bem um novo dia.

el mueble escada

 

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Sophie Robinson / Justina Blakeney / Espacio Living / Histórias de CasaKeltainen Talo Rannalla / SF Girl by Bay / El Mueble

Do quarto para a cozinha

my scandinavian home

Vivemos a época de rever conceitos em virtude de inúmeras situações as quais estamos expostos: jardim, em função das metragens cada vez menores; a mistura de estilos convivendo num mesmo ambiente; projetos comerciais que invadem residenciais e vice-versa; e, claro, o conceito de função do mobiliário. Não tem mais essa de que determinado móvel projetado para determinada função não possa mudar de ideia no meio do percurso. Uma cômoda, por exemplo, perdeu a serventia no quarto / closet e a partir daí se tornou uma inválida? Basta pensar um pouquinho fora da caixa para lhe arranjar uma vaga na cozinha e, junto com mais algumas prateleiras, dar-lhe status de armário de cozinha, com a vantagem de ter um charme extremamente peculiar. E isso se aplica a outros mobiliários, ajudando a trazer uma dose extra de identidade e autenticidade para qualquer recinto.

my scandinavian home 1

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: My Scandinavian Home

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑