Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

Categoria

Peças

A qualidade das coisas perdidas

criado carimbado

Gosto da qualidade das coisas dadas como desenganadas, casos perdidos, que ninguém bota fé, pois elas nos dão a chance de errar sem deixar nenhum traço de remorso. Com esse criado-mudo foi assim: peça doada, que  habitou um lar por uma vida inteira mas, um dia, sua validade expirou. Acolhi, como costuma ser do meu feitio, saquei fora toda a grossa camada de verniz, elegi um novo puxador, recortei EVA, construi um carimbo e achei que azul lhe cairia muito bem. Essa peça me deu a oportunidade de experimentar e perceber que a parte mais bacana de qualquer processo é o aprendizado que se tira no meio do caminho, especialmente das coisas perdidas.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

 

Anúncios

Móveis + tecidos

DSCN2044

Quem frequenta o Forma:Plural há algum tempo, com certeza flagrou todo o carinho que cultivo pelos móveis cheios de história pra contar. Claro que, sendo assim, na minha casa não seria diferente: para onde se olha, tem uma peça garimpada ou herdada, em estado original, pintada ou estampada à mão e, quando o tempo anda escasso, revestida em tecido. Renovar um móvel com tecido é rápido, não faz uma baita sujeira e, pra quem curte estampa como eu, é um delírio.

DSCN2047

Não exige muita habilidade nem tem muito segredo, basta um pouco de paciência. A escolha do tecido é muito importante: quanto mais poroso, melhor, pois absorve bem a cola. Costumo passar bastante cola tanto no móvel quanto no tecido já aplicado e espero secar bem, normalmente aguardo uns 2 dias. Depois disso, faço o acabamento com estilete nas sobras de tecido e capricho na aplicação do verniz spray.

DSCN2063

E por aqui os tecidos revestem a parte interna também pra trazer um pouco de cor a uma peça de madeira bem escura. É um recurso interessante para ser usado em gavetas, na parte interna de portas, afinal de contas é uma boa surpresa abrir um móvel e se deparar com uma estampa da qual gostamos bastante.

DSCN2066

Mas não apenas com tecidos estampados tiramos bom proveito, os com textura, como o laise, também são um prato cheio e, se tiver algum aviamento de bobeira para criar uma firula, por que não usar?

DSCN2061


DSCN2074

DSCN2076

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

 

 

 

 

A terceira geração

Não posso ver uma mesa com gavetinha que alucino e com essa a história não foi diferente. Encontrei a danada soterrada num mar de tralhas, num quartinho bem escuro de um brechó e só dava para avistar a gavetinha.

Essa é minha terceira. Tenho uma na cozinha, que foi encontrada numa demolição pelo meu pai e a outra se encontra na fila de espera, aguardando uma baita encerada em seu tampo.

Faz um pouco mais de um ano que a comprei mas, sacumé, falta tempo pra tanta ideia, ainda mais quando envolve restauro e estampa pintada à mão.

Mas nunca tive a menor pressa quando se trata dos móveis velhinhos, meus queridões da melhor idade exigem paciência. Tudo no seu tempo, pra curtir bem devagarinho aquilo que adoro fazer.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Mesinha curinga

Essa é mais uma  peça que estava na iminência da morte. Antes de algum cidadão a materializar em seu lar, já que ela tem múltiplas funções ( mesa lateral, criado-mudo, mesinha de apoio e o que mais a imaginação permitir), fui lá, arrematei e enchi de cor!

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Mesinha de TV

Essa mesinha estava completamente desenganada e, quando a avistei, achei que possuia um pontencial e tanto:

É aquela mesinha onde as pessoas apoiavam suas Tv’s. Artigo raríssimo!

Seus pés são de ferro e foram lixados e pintados. O tampo original foi mantido, mesmo ouvindo muitas vozes me dizerem para trocá-lo por um compensado sem vergonha. Como desfazer de um tampo que ainda está com o selinho original? Tenha santa paciência. Ele foi completamente restaurado e ganhou um desenho geométrico pintado à mão, digno de sua idade e braveza:

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Mesinha

Mais uma peça estampada! Seu tampo foi desenhado em preto com alguns detalhes em pink.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Criado-mudo

Alguns hoje em dia o chamam de mesa de cabeceira, mesa lateral, entre outros, talvez pelas inúmeras funções que essa pequena peça possa desempenhar. Pra mim, continua sendo o bom e velho criado-mudo.

Essa peça é especial, pois é a primeira da série ” peças estampadas” a ficar pronta. De pau marfim, maciça, com puxador de cerâmica e estampa pintada à mão no tampo.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Cadeira da vovó

Essa cadeira de balanço é super vovó mesmo, com direito a assento estofado em crochê zig zag.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Aparador

Uma das peças mais curingas, que fica bacana em qualquer lugar.

O tampo e alguns detalhes foram mantidos originais e o restante foi pintado de verde.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑