Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

mês

dezembro 2013

Mudanças de final de ano

Todo mundo na contagem regressiva para as festas de final de ano e, faltando bem pouquinho, bate até um certo desespero pra dar um tapa naquele cantinho ou cantinhos do cafofo. Tem gente que já deu como caso perdido, acha a missão impossível quando bate o olho no calendário. Mas calma aí, não decline, é possível sim dar um talento evidente sem grandes transtornos.

Começando pela parede: quem disse que precisa preencher todas as áreas? Eleja uma parede estratégica e cubra apenas um trecho com papel de parede. O projeto fica muito mais rápido e barato e o efeito não deixa nada a desejar.

79 ideas

E se quiser fazer o mesmo usando tinta, vai fundo, também funciona super bem.

apartment diet

Para um ambiente meio monótono, confie no poder de um tapete. Se tiver uma cor bem evidente, ele será capaz de fazer a história virar outra.

planete deco

Até mesmo a lavanderia, o mais ingrato dos recintos, também muda de figura com um pouquinho de paciência e alguns recortes adesivos.

a beatifull mess lavand

Outro grande aliado, assim como os adesivos, são os tecidos. Seja numa cortina bacana para criar um climinha, em almofadas para camuflar o estofado que já viu dias melhores, numa toalha de mesa.

copy&paste

casa abril

É uma boa época para comprar itens que só são encontrados agora, como as luzinhas de Natal. Crie uma versão personalizada ou use assim mesmo e enfeite algum cantinho que merece um cuidado especial.

delikatissen

Final de ano é um momento bom para uma olhadela mais cautelosa para todos os espaços e perceber o quanto e de que forma mais usamos os ambientes. Pode ser que, dessa forma, consiga inserir um pouco mais de lazer dentro de casa e  abrir vaga para o que goste de fazer.

casa abril sala

pinterest1

Jurnal de Design Interior

E ainda dá tempo inclusive pra pensar numa “cabeceira” para a cama que se encontra sem a menor graça. Uma prateleira estreita que acolha alguns itens de decoração pode ser uma saída e ainda dá até pra prender uma luz para leitura :).

missmoss.co.za

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: 79 Ideas / Apartment Diet / Planete Deco / A Beautiful Mess / Copy&Paste / Casa Abril / Delikatissen / Casa Abril / Pinterest / Jurnal de Design Interior / Miss Moss

Anúncios

Quando a madeira substitui a parede

Integração dos espaços, acho que nunca se falou tanto nesse assunto. Paredes são postas abaixo e com isso se ganha uma maior iluminação dos espaços e aumenta-se a sensação de amplitude. De todos os cômodos, a cozinha é o que vem mais se destacando na categoria integração, mas a grande questão que fica: como definir as áreas distintas sem deixar um grande vão aberto completamente impessoal?

casa abril mesa na parede

Uma alternativa que não costuma falhar é apelar para a velha e boa madeira, o material que não deixa na mão quem procura o conforto visual e uma estética com grande durabilidade. Nesse projeto, o vão continuou aberto, só que foi “desenhado” com nichos que fazem as vezes de uma estante na parte superior, uma mesa que acomoda dois lugares ( e no aperto vira até 4 ) e, para arrematar, a parede lateral teve revestimento também em madeira. Todo executado em linhas simples e leves, o projeto delimitou bem os ambientes, inseriu funcionalidade e ainda trouxe uma textura bacana.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Casa Abril

Uma explosão laranja

É um espaço sem muitas fronteiras, com poucos móveis, com plantas que o completam e com portas e janelas bem generosas. A base é toda clara, garantindo uma uniformidade que faz os 70 m2 parecerem muito mais. Todos os setores são bem pontuados, seja por uma peça certeira, um vaso ou um quadro, mas sempre priorizando as zonas para a circulação e sem criar muito estardalhaço. Deixaram isso por conta de uma cozinha nada tímida mas, que por ser de uma única cor, se transformou num volume único. Um jeito eficiente de colorir, uma única pincelada explosiva capaz de mudar todo o contexto.

jurnaldedesigninterior2

jurnaldedesigninterior3

jurnaldedesigninterior4

jurnaldedesigninterior5

jurnaldedesigninterior6

jurnaldedesigninterior7

jurnaldedesigninterior8

jurnaldedesigninterior9

jurnaldedesigninterior10

jurnaldedesigninterior11

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Jurnal de Design Interior

Iluminando o jantar

Nem sempre é possível projetar a iluminação da maneira como desejamos ou, quando conseguimos,  muitas vezes ficamos presos ao projeto e acabamos abrindo mão de promover novas mudanças na disposição do mobiliário por conta de precisar reestruturar tudo de novo. Por isso acho que a iluminação secundária é um adianto na vida, claro que considerando que o ambiente como um todo já esteja bem iluminado. Nesse caso, por exemplo, uma luminária de piso criou um efeito estético tão interessante quando um pendente e tornou o ambiente muito mais flexível.

jurnaldedesigninterior iluminação

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Jurnal de Design Interior 

Os detalhes de uma área externa

Receber do lado de fora é o que mais curto. As pessoas se sentem mais descontraídas, tiram os sapatos, falam mais alto e até ousam esticar o esqueleto. A parte externa de qualquer casa tem esse poder e o segredo para tornar o cenário bacanudo é investir em elementos que tragam aconchego, como almofadas, tapetes, velas e, claro,  plantas para criar um clima mais “pé pra fora” possível.

Conferindo essa varanda totalmente pelada, poderá sacar que os detalhes bem cuidados com cor, escolha de materiais, foram fundamentais para proporcionar uma harmonia visual com ar de alegria e sem formalidades, como toda boa conversa deve ser.

texnotropieskaidiakosmisi 1

texnotropieskaidiakosmisi 2

texnotropieskaidiakosmisi 3

texnotropieskaidiakosmisi 4

texnotropieskaidiakosmisi 5

texnotropieskaidiakosmisi 6

texnotropieskaidiakosmisi 7

E, se reparar bem, muitos pertences do cenário podem ter vindo de outros cantos da casa. Essa é uma faceta excelente das áreas externas: elas permitem melhor que ninguém as misturas, os contrastes, o uso do que não teria mais serventia em outro recinto. Tá bom, mas e agora como faz quem tem uma área bem menor? É só uma questão de adequar o cenário ao espaço disponível:

cepaynasi 1

cepaynasi 2

epaynasi 3

cepaynasi 4

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Τεχνοτροπίες Και Διακόσμηση / Cepaynasi

Tropicalidades

Verão batendo à porta e as festas de final de ano chegando. Não vejo melhor época para abrir a casa, receber a melhor fase que o sol oferece, desfrutar das noites com uma boa brisa até quase o dia despertar. A gente não comemora com neve, comemora com calor, o mesmo calor que acolhe aquela visita que chega de longe, que garante sempre a vaga para mais um.

É o abraçar das cores fortes, das flores grandes estampadas, do trabalho do artesão inspirado na natureza. É o piso frio de cimento que refresca quando se anda descalço, do vai-vem da rede que embala a preguiça após o almoço, do santo na parede que protege quem chega e quem vai.

1011556_560779463968412_1402248347_n

993373_567687479944277_2083776013_n

1045088_552922801420745_1733482905_n

1377222_585300778182947_1172870874_n

1378740_585782508134774_1451366641_n

1381213_582458575133834_774282310_n

design rulz

micasa 1

casa aberta

casa abril 4

casa abril

etxekodeco

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Casa Abril / Design Rulz / Micasa / Casa Aberta / Etxekodeco

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑