Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

Categoria

Infantil

Decoração que muda com a idade

O quarto infantil é o cômodo da casa que mais sofre mudança num curto período de tempo: demanda ajustes em função da faixa etária, que muda num piscar de olhos. Então, uma boa alternativa é apostar em elementos que possam ser substituídos sem grandes transtornos. Ficou obsoleto, trocou. E o parceiro perfeito para esse feito continua sendo o adesivo vinílico que, além de econômico, é um material muito simples para se trabalhar.

babycrib01-dosfamily1

Num universo de paredes brancas, qualquer intervenção se torna mais viável.

babycrib06-dosfamily2

Silhuetas recortadas no adesivo em padrão madeira estampam a cômoda, a tornando um objeto exclusivo. E a vasta rede de computadores pode te ajudar a encontrá-las.

babycrib07-dosfamily3

Utilizando a mesma técnica de recorte, uma árvore enche a parede, onde poderá dispor em seus galhos uma série de acessórios que confiram vida e cor.

babycrib08-dosfamily4

Além do adesivo, repare que foram utilizados muitos acessórios em padrões geométricos, que não denunciam a idade. As cores mais ousadas fogem do clássico apelo aos tons pastéis, muito comum no refúgio dos pimpolhos.

babycrib09-dosfamily5

E, convenhamos, dá ou não para se empolgar e estender os recortes para outros cantos da casa?

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: DOS Family

Entretenimento infantil ( e adulto! )

Esse post é pra você, mãe como eu, que está à beira das férias escolares do seu pequeno (a). A ficha me caiu hoje, quando fui deixar meu filho na escola e algumas mães vieram me perguntar nossa programação de férias.

Tarefa árdua essa das férias! Entreter a molecada, conciliar trabalho e mais um tantão de afazeres é uma missão para valentes. Mas também pode ser bem divertida 😀

Qual criança não curte uma máscara? Pedrão adora! Tô pra dizer até que ele gosta mais da execução do que propriamente da brincadeira posterior.

Essas máscaras são super fáceis de desenvolver e os materiais, se bobear, você tem em casa.

Vá juntando as ideias, te garanto que nas férias elas serão bem úteis. Aqui tem o tutorial detalhado.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Soltando a imaginação

Ultimamente ando numa correria lascada, por isso meu sumiço do blog e até da fanpage. Estava fora numa maratona de reuniões e fiquei aliviada em conseguir voltar a tempo de curtir o feriadão junto com meus filhotes. E que alegria vê-los felizes em me reencontrar! Tanto a filhota de 21 quanto o pirralho de 5 me rodearam para contar as “aventuras” desses dias, numa avalanche de causos sem fim.

Enquanto falavam sem parar, percebi o quanto a presença é importante pra eles. Mesmo que não seja por um tempo longo, o estar junto de corpo e alma faz toda diferença. E hoje é isso que eles ganharão: full time comigo, com uma programação cheinha de imaginação. Na lista, uma nave espacial de caixa de papelão pro Pedroca e um quarto novo pra Stê, todo repaginado com muito tecido e carinho.

Claro que será tudo realizado em conjunto, com direito à participação de visitas que aparecerem. Como diz minha filha, deveria adotar aqui em casa uma plaquinha “temos vagas”. Sim, sempre rola uma vaga num cantinho pra dormir, na mesa pra filar uma bóia, no momento de lavar uma louça e ajudar a pintar uma parede. Participação é o requisito necessário.

E nada melhor que uma boa participação e muita imaginação pra comemorar essa data, porque o presente passa, mas o momento se torna inesquecível. Deixo algumas ideias pra vocês e espero que se esbaldem de verdade e tenham um feriadão super bacana!

Fantasia de robô, do blog Oh Happy Day:

Ou uma guirlanda de frutas feitas com bexigas, com tutorial também do Oh Happy Day:

Inspirações para aquelas caixas de papelão aqui:

E claro que a decoração não ficaria de fora. Almofadinhas divertidas com tutorial aqui:

Ou uma parede de carrinhos, com tutorial aqui:

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Território do faz de conta

Atendendo a pedidos, montei um post cheinho de ideias para o quarto dos pequenos. Fazia mesmo uma cota que não publicava nada para os pimpolhos e é um tema que adoro!

Tem lugar melhor pra pirar na imaginação do que um quarto infantil? Até a galera que é mais contida na escolha de cores e elementos na decoração, quando chega no reduto da molecada ousa sempre um pouquinho mais.

É um universo que clama pela ficção, onde a ilusão pode se separar da realidade por uma linha muito tênue sem, é claro, se esquecer da famigerada organização.

Então, vamos começar por aí. Uma parede repleta de nichos abertos e fechados, para armazenar e enfeitar:

Dá pra guardar de tudo um pouco, sem ocupar muito espaço. O móvel suspenso de gavetinhas também não tumultua o ambiente.

Estando em fase escolar ou não, é sempre uma boa pedida uma mesa para os pequenos artistas desenvolverem suas habilidades manuais. Essa bancada é mega simples de desenvolver com pranchas de compensado e mão francesa, podendo ser customizadas com tinta, adesivo, tecido. Se utilizar um trilho ao invés da mão francesa, poderá ajustá-la à altura conforme a criança for crescendo:

Insdispensável é sempre um lugarzinho para pendurar os badulaques. Olhe que bacana esse modelo. Pode ser elaborado com qualquer boneco pequeno, que normalmente não falta no arsenal. Novamente, nada que um pedaço de compensado não resolva juntamente com a cola quente:

Parede de criança suja mesmo e, além disso, a molecada cresce numa velocidade enorme. Pensando nisso, já imaginou pintar alguma das paredes numa cor mais escura, como o preto, azul marinho ou cinza? Além de camuflarem possíveis rabiscadas, são cores que poderão acompanhá-los em momentos diferentes de seu desenvolvimento trocando-se apenas os objetos.

Traumatizei? Muita calma, veja algumas opções:

Serve tanto para quarto de menina quanto de menino. Como os brinquedos e móveis costumam ser coloridos, não tem como o ambiente ficar triste nem pesado, pelo contrário, acho que fica aconchegante e ajuda a destacar muito mais os objetos, até mais do que os tons pastéis nas paredes.

Essa é uma opção que achei genial. Que criança não gostaria de pintar a parede? Então, papel de parede para pintar. Perfeito!

Infelizmente, só vi à venda na gringa, mas nada que uma mãe ou pai cheios de imaginação não possam resolver. Plotagem é super barata para realizar em gráfica e imagens grandes podem ser encontradas nessa vasta rede de computadores. Nem precisa destinar uma parede toda para colorir nem colar a impressão na parede. Poderá fixá-la com fita dupla face e trocar toda vez que a pintura estiver completa. Garanto que o pimpolho terá bastante ocupação e ficará felizão da vida.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Interiors Originals / Apartment Therapy / The Style Files / Cush and Nooks / LaLoLe Blog / Blue Vintage / Usta Giremez

Organizando o quarto dos pimpolhos

Normalmente, as crianças ficam com os quartos menores. Grandes acumuladores de brinquedos e engenhocas, cabe aos pais o desafio de otimizar o espaço para acomodar os pertences dos pimpolhos e, mais ainda, tentar deixar o ambiente um pouco mais organizado.

Pensando nisso, separei algumas sugestões que talvez possam auxiliar vocês nessa árdua empreitada.Se seu pequeno (a) está um pouco mais crescidinho, as camas nas alturas são uma boa pedida:

Você encontra muitos modelos já prontos, mas se tiver um marceneiro bacana, melhor, porque poderá encomendá-la do seu jeito. Com o espaço que sobra na parte de baixo, poderá acomodar uma cômoda, um baú, criar nichos para os brinquedos ou encaixar uma escrivaninha, como nessa foto acima.

Por falar em escrivaninha, achei esse móvel bem legal. Dá pra guardar os “materiais de trabalho” e ocupa bem pouco espaço:

Os brinquedos podem ser separados por categorias em box ou cestos que são tranquilamente encontrados a preços bem acessíveis nos hipermercados:

Nesse caso, poderá utilizar uma antiga cômoda sem gavetas e encaixar prateleiras para acomodar as caixas. Para ajudar os pequenos a encontrarem o que procuram, sem despejarem a caixa toda, uma etiqueta facilita mas, se ainda não souberem ler, um desenho pode resolver o problema:

Prateleiras são muito bem-vindas no momento de organizar os livros:

As caixas de madeira com rodízios também funcionam super bem, não apenas para livros:

Uma mala antiga dá um toque bem interessante:

Um nicho para alguns brinquedos e cabideiro para aquela coleção sem fim de fantasias:

Uma escada para quem não dispõe de um armário, que cabe num cantinho bem pequeno do quarto:

Cestos na parede que podem guardar os bichinhos de pelúcia:

E agora uma ideia que muitos acharão um pouco absurda, mas confesso que achei genial. Roldanas e cestos no teto:

Mas lembre-se de uma coisa: um quarto infantil completamente organizado é sinal de que a criança não brinca ou de que não tem tempo pra curtir seu espaço! Um pouco de bagunça faz parte da decoração…

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Milk Magazine / Apartment Therapy / Pinterest / Sugar to Designs / Damask et Dentelle / Cakies / Casa de Valentina

O quarto do pequeno grande Pedro

Pedroca está quase um moço, logo mais completa 5 anos. Enquanto cultiva um imenso carinho por sua bicharada de pelúcia, já sonha em ter uma banda de rock.

Curte uma manualidade, meu parceiro inseparável em qualquer projeto faça você mesmo, com direito a muitos pitacos. Seus toques sempre envolvem cores, um rabisco aqui, outro acolá.

Encantou-se quando comprei os adesivos vinílicos para seu quarto e mais ainda quando deslumbrou a possibilidade do recorte e cole irregular: ” nossa, mãe, era isso que eu queria!”.

No seu território de faz de conta, ele conquista o universo com seus super amigos bonecos, principalmente o patrulheiro espacial Buzz Lightyear. Espero que a frase ” ao infinito e além” seja lembrada na sua vida adulta.

Num retrato ao estilo a vida como ela é, Pedroca de pijama num dia chuvoso:

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Alegria certeira para a molecada

Ter um pedacinho de “faz de conta” é um baita benefício que você pode proporcionar a  seu pequeno (a), onde ele (a) poderá soltar a imaginação e aprender muito com isso tudo. De quebra, você ganha momentos de lazer e até um pouquinho de folga. Quem é mãe sabe bem do que estou falando…

Essa ideia dá pra viabilizar num pequeno espaço e você pode utilizar caixas de sapato para criar os nichos, sobras de tecidos, fitas, papel para scrapbook para enfeitar e incrementar  e um montão de outras coisas que certamente teriam um destino garantido: lixo! Vamos lá, dê asas a sua imaginação também.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: French by Design

Ovadas

Pois é, o tempo passa, a Páscoa já está aí na boca do gol e, quando a gente menos perceber, será Natal de novo…Achei essa ideia genial, embora seu destino seja outro: quebrar o ovo na cabeça do aniversariante. Como hoje em dia acho que isso nem rola mais (na minha época de escola, no dia do aniversário a gente até tentava sair mais cedo), pensei em aproveitá-la para a molecada se esbaldar e, de quebra, conhecer um pouco da história de “antigamente”.

O tutorial está em Inglês, mas as imagens são mega ilustrativas.

Fonte: Oh Happy Day

Bons tempos

Como era bom passar as tardes viajando na imaginação, conversando com os amigos imaginários e descobrindo o impossível…

Fonte: Apartment Therapy

Blog no WordPress.com.

Acima ↑