Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

Categoria

Almofadas

3 maneiras de renovar um sofá

Sofá dificilmente é uma peça que encontramos a preço módico. Então, se tem um aí bacana, de boa qualidade, vale a pena pensar em soluções para que a convivência com ele seja tão incrível quanto o dia em que se conheceram.

Chamando o tapeceiro

Muitas vezes, o jeito é começar tudo outra vez e, nesse caso, a troca de estofado resolve o problema. A parte boa disso é que seu velho companheiro poderá assumir a cor ou estampa que bem desejar e ficará novinho em folha.

historias de casa

6d19bb6b2fce648d65e1661461953602

Pedindo ajuda às almofadas

Almofadas são excelentes pra camuflar aquela mancha que insiste em não ir embora, esconder o detonadinho que fisga o olhar, dar um up ou transformar completamente aquela cor do estofado que se transformou num baita estorvo.

decoracao-casa-colorida-historiasdecasa-01 casa abril

Recorrendo a acessórios alternativos

Uma outra forma eficaz de renovar o estofado e que ainda dá um toque bem interessante é recorrer a mantas, tapeçarias e até centros de mesa. Vale investir em peças cheias de textura, visualmente aconchegantes e até mesmo super ousadas. Quando enjoar, é só trocar.

casa-claudia

apartment34-sofa

emily-henderson-1

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Histórias de Casa / Casa Abril / Apartment34 / Emily Henderson

Anúncios

Invasão de garagem

Ando me especializando no assunto “invasão de garagem”, essa já é a segunda que realizo. A gente vê aquele espação agradável, onde a brisa corre suave e logo pensa que seria o local perfeito pra ficar à toa e receber amigos. Não demora muito, descobrimos um abatjour que pode ser bastante útil com uma cúpula nova, que o jogo de sofá revive com uma boa dose de tinta e que aqueles paninhos guardados no fundo do armário rendem as almofadas que serão responsáveis pelo conforto e descontração. E assim nasceu uma sala na minha garagem e com ela as noites ficaram muito mais bacanas e os armários bem mais vazios.

garagem 1

 Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Pra mudar o tom

Surpresa, está aí um elemento capaz de dar um tom bem especial na produção de um ambiente. Não precisa necessariamente chegar quebrando tudo, causando o maior estardalhaço, aliás acho que as entradas mais sutis são aquelas que causam um efeito muito maior, pegam de calça curta, como almofadas em forma de nuvens num cenário como esse.

elle

É um inesperado que cai bem, descontrai e, acima de tudo, contribui com muita personalidade. Vale apostar num objeto de cor ou forma mais chamativa, numa cadeira de estilo eclético, numa estampa inusitada.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Elle Decoration

 

Almofada sem intimidade com linha ou agulha

Tenho almofadas em penca aqui em casa, são boas pra caramba pra gente se jogar, proporcionam uma preguiça gostosa e possuem um talento indiscutível pra dar um tapa e mudar o visual rapidinho. Mas confesso que tenho uma boiada: minha mãe as costura pra mim. Então surto à vontade com panos, invento almofadas cheias de recortes, de todos os tamanhos e formatos.Mas, e se não fosse assim? Bom, teria pelo menos 3 alternativas: aprender a costurar, comprar capas de almofadas prontas ( sem dúvida, isso limitaria bastante a quantidade por conta de $$$) ou arriscaria numas almofadas assim, de gente que não se aperta:

creaturecomforts pillow

No blog Creature Comforts tem o passo-a-passo. Use e abuse de enchimentos de vários tamanhos para criar suas almofadas e lembre-se que cangas, lenços e até bandanas podem render produções bem interessantes.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Feito à mão

Image-1

Não é pelo custo, é pelo prazer de executar, arejar a mente, incluir pensamentos naquilo que é palpável. Seja lá qual for a técnica que domine, o exercício do fazer com as próprias mãos uma almofada, um arranjo de flores, um saquinho para perfumar as roupas, renova a gente e a casa.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui

Ideias

A gente sempre encontra uma ideia que cabe no bolso e funciona para o propósito que temos em mente. Sempre existem aquelas que são um pouco mais polêmicas, como as paredes escuras. Ok, uma parede escura requer sim uma boa iluminação para não se tornar pesada, mas elas camuflam as imperfeições como ninguém. Então, que tal adotá-la na parte externa, onde não falta iluminação natural e a parede pode não estar super lisinha e tão bem acabada assim?

2modern blog escura

Puxador é um detalhe sutil, bem fácil de colocar e trocar, e proporciona uma transformação instantânea em qualquer móvel.

donkey and the carrot

Tem vezes que a janela pede uma cortina, mas sua função é apenas dar uma quebrada de leve na luz. É aí que entra o voil, um tecido bem fininho que se movimenta a qualquer sopro de vento e disponível em várias cores e estampas.

79ideas_indigo)curtain

Se a mesa da cozinha é bem modesta, isso não quer dizer que ela precisa ser esquecida. Dê a ela um belo pendente de acompanhamento e notará que de modesta ela não terá mais nada.

Bjurfors

Procura algo que tire o ar convencional de sua parede? Pinte molduras à mão livre ou com a ajuda de stêncil e recheie com imaginação.

franch by design frames

Banquinho é uma peça extremamente versátil, mas se tivesse um assento um pouco mais confortável poderia ficar muito melhor. Nada que uma almofada e uma amarração não possam solucionar e ainda criam uma bossa interessante.

riazzoli

A mesma questão do conforto do banquinho também pega aqueles que gostam de ler na cama. Uma cabeceira macia faz toda a diferença e uma chapa de madeira encapada com espuma e tecido não é tão complicado assim de fazer ou encomendar para um tapeceiro.

freshome cabeceira 2

freshome cabeceira

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: 2Modern Blog / Donkey and the Carrot / 79 IdeasBjurfors / French by Design / Riazzoli / Freshome

Os detalhes de uma área externa

Receber do lado de fora é o que mais curto. As pessoas se sentem mais descontraídas, tiram os sapatos, falam mais alto e até ousam esticar o esqueleto. A parte externa de qualquer casa tem esse poder e o segredo para tornar o cenário bacanudo é investir em elementos que tragam aconchego, como almofadas, tapetes, velas e, claro,  plantas para criar um clima mais “pé pra fora” possível.

Conferindo essa varanda totalmente pelada, poderá sacar que os detalhes bem cuidados com cor, escolha de materiais, foram fundamentais para proporcionar uma harmonia visual com ar de alegria e sem formalidades, como toda boa conversa deve ser.

texnotropieskaidiakosmisi 1

texnotropieskaidiakosmisi 2

texnotropieskaidiakosmisi 3

texnotropieskaidiakosmisi 4

texnotropieskaidiakosmisi 5

texnotropieskaidiakosmisi 6

texnotropieskaidiakosmisi 7

E, se reparar bem, muitos pertences do cenário podem ter vindo de outros cantos da casa. Essa é uma faceta excelente das áreas externas: elas permitem melhor que ninguém as misturas, os contrastes, o uso do que não teria mais serventia em outro recinto. Tá bom, mas e agora como faz quem tem uma área bem menor? É só uma questão de adequar o cenário ao espaço disponível:

cepaynasi 1

cepaynasi 2

epaynasi 3

cepaynasi 4

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Τεχνοτροπίες Και Διακόσμηση / Cepaynasi

Cheio de cor e de graça

Começando pela cor da parede, que é belíssima, esse espaço é um festival colorido de alegrar os olhos. É uma inspiração e tanto para quem tem um canto de bobeira ou mesmo para aqueles que gostariam de desfrutar de uma sala um pouco mais despojada. No lugar do sofá, que tal um pranchão de madeira com um colchão de solteiro forrado com uma estampa à prova de tristeza? Pra dar mais uma forcinha, muitas almofadas completam o cenário multicolorido e, se preferir, poderá até espalhar algumas sobre um tapete aconchegante e garantir assentos extras. Com o calor começando a dar o ar graça, pode ser uma pedida muito agradável e descontraída. E, para a parede não ficar a “Deus dará”, uma prateleira com algumas plantinhas fecha com chave de ouro.

bohemian vintage banco almofadas

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Bohemian Vintage

“Sofá” para a varanda

Se você é o feliz proprietário ou locatário de uma varandinha, por mais inha que seja, é bem provável que já tenha cogitado a possibilidade de um assento confortável pra ficar na preguiça. Tô enganada?

Necessariamente não precisa ser um sofá, porque muitas vezes não encontramos na dimensão exata para aquele ínfimo espaço, sem dizer que não se trata de uma aquisição que cabe em qualquer bolso.

Então, sua solução pode ser mais simples do que imagina: almofada, em versão gigante e com tecido acquablock, que é  parrudo, aguenta sol e chuva, e pode ser lavado à máquina.

Uma almofada como assento e outra como encosto. Não economize no enchimento, capriche mesmo no recheio, porque ele será o responsável pelo conforto.

Conheça a fanpage do Forma:Plural aqui.

Fonte: DigsDigs

Blog no WordPress.com.

Acima ↑