Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

mês

fevereiro 2013

Prateleira de aço

Muitas vezes desconsiderada em projetos de decoração, pela falta de apelo estético um pouco mais apurado, ela é uma grande aliada quando o assunto é pouco espaço ou orçamento enxuto.

fromscandinaviawithlove.com

Seu visual facilmente pode ser transformado com tinta spray, mas convenhamos que muito de sua identidade será determinada de acordo com aquilo que armazena e da maneira como está organizada.

remodelista 3

remodelista 1

Uma peça que funciona bem em diversos cômodos da casa, tendo a vantagem de ser encontrada em diversas dimensões, em formatos desmontáveis e reguláveis. Merece ou não nosso respeito e consideração?

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: From Scandinavia with Love / Remodelista

A pura expressão da alegria

Cada vez mais, as casas perdem o caráter apenas de alicerce e passam a contar a história e momentos importantes de seus moradores. Sejam grandes ou pequenas, o importante é que nelas tenha espaço para a felicidade. Aliás, como essa tal felicidade muda de pessoa para pessoa: para alguns, é uma tela branca, outros a desenham com traços intensos e coloridos. E, para a decoradora Silvia Adami, a melhor forma encontrada de  retratar a tamanha alegria pelo nascimento de sua primeira neta foi através do uso de cores fortes, plantas espalhadas pela varanda e muita mistura de materiais. Para quem já se mudou mais de 30 vezes, está mais do que descolada em saber que nada precisa durar para sempre: “A cada fase, é como se eu começasse tudo novamente. E eu ainda espero morar num barco em Amsterdã…”.

foto 1

foto 2

foto 3

foto 4

foto 5

foto 6

foto 7

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Casa Abril

Nem tudo está perdido…

…se a cômoda está com cara de derrota, se os puxadores se foram há algum tempo, se a coisa toda está sem a mínima graça. Com um pouco de dedicação e carinho, tudo se transforma e, para te ajudar nessa empreitada, separei alguns exemplos. Tem para muitos gostos e estilos e com graus de dificuldade bem variados.

O desenho geométrico é sempre impactante e com a ajuda de fita crepe e tinta se alcança o resultado. Tutorial completo aqui.

elle decoration

Para animar o quarto da molecada, recortes de adesivo vinílico garantem cor, num projeto para colocar suas aptidões em prática:

dos family

Caixas de vinho empilhadas e verniz tingidor, encontrado em várias tonalidades. Aqui tem o tutorial.

before-and-after1 Pra quem procura algo mais rápido, fita adesiva é a solução. Tutorial aqui.

a-kiss-of-colour-washi-tape-en-cualquier-lugar-washi-tape-anywhere-00-copia

A famosa estampa “escama de peixe” não é difícil de reproduzir e é uma padronagem que combina com muitos estilos:

4_kelly

Nesse caso, a mudança foi menos drástica: estrutura externa pintada e as gavetas permaneceram originais. Mas o móvel mudou de status completamente:

Vintage Credenza After02

A troca de puxadores também faz uma baita diferença. Nesse caso, ainda foram acrescentados alguns escritos na peça:

5907487982_160130426b_o

E, aqui, a bossa de puxadores que não são puxadores. Ao invés de lojas de ferragens, uma loja de peças de bijuterias resolveu a questão. E, claro, uma boa dose de tinta vermelha na peça!

klararipa-dosfamily45

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Curbly / Elle Decor / DOS Family / Lark&Linen  / All Washi Tape / Design Sponge / A Design Dock / I just might explode

Cozinha reciclada

Pode não se tratar da cozinha mais prática de todos os tempos, mas que é charmosa, isso é inegável.

husohem.se

Os nichos revestidos em estampas multicoloridas armazenam miudezas e conferem um ar despojado à cozinha bem antiga, marcada por uma pintura já bem desgastada. Para quem tem caixotes à espera de um destino, essa é mais uma sugestão. Para acompanhar, mesa e bancos com pés de ferro, num projeto muito simples que poderá ser realizado por um serralheiro. Vale sobras de madeira ou andaimes para criar o tampo e assentos.

mi espacio vital 94

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Hus & Hem / Espacio Vital

Luz e dimensão

Estamos acostumados a ver os grandes lofts, com imensos vãos abertos, onde é possível inserir de tudo um pouco e o que mais aparecer. Esse é um pouco diferente, apenas 40m2, onde se fez necessário um belo exercício para tornar a vida menos apertada. Sem dúvida, a maior de suas qualidades é a iluminação natural. Quanto mais luz natural, mais a sensação de amplitude se torna presente. Além disso, a escala e proporção das peças mobiliárias se encaixa super bem em todos os cômodos, criando um visual harmonioso. Num cenário onde reina a clássica combinação do branco e preto, as texturas e estampas quebram a monotonia juntamente com pontuações de elementos coloridos. Todos os cantos são povoados: janelas, hall de entrada e paredes, provando que espaços apertados podem sim ser  repletos de itens, desde que o cuidado com suas dimensões seja bem planejado.

boho deco chic 1

boho deco chic 2

boho deco chic 3

boho deco chic 4

boho deco chic 5

boho deco chic 6

boho deco chic 7

boho deco chic 8

boho deco chic 9

boho deco chic 10

boho deco chic 11

boho deco chic 12

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Boho Deco Chic

Sofá do primeiro lar

Foi impossível não recordar do meu primeiro apê quando vi essas fotos no Bright Bazaar. Acho que quase todo mundo já passou por isso: grana curta, empolgação máxima. E foi com esse espírito que comprei meu primeiro sofá, que não era um sofá, mas uma bicama bem das baratex, cuja estrutura inferior era dotada de pezinhos feios de doer e, a superior, parecia um colchão, mas a vantagem era possuírem exatamente a mesma altura.

Nadinha de encosto, apenas dois almofadões cumpriam essa função. Perfeita para meu bolso, para o micro espaço que possuía, mesmo sendo um verdadeiro show de horror o tecido que a revestia. Sem o menor pudor arrematei a peça e já tratei de comprar metros de sarja cru e laranja e, aproveitando os dotes de costura da minha mãe, as almofadas ganharam roupa nova,  e capas em linha reta camuflaram a peça toda, inclusive os pés. E assim meu lar ganhou um sofá bem baixinho em “L” , que serviu de dormitório pra muita gente.

bright bazzar color 2

bright bazzar color 1

E não é só no primeiro cafofo que um modelinho desses pode funcionar. Garanto que numa casa de campo ou praia poderá fazer muito sucesso.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Apenas um toque

Atire a primeira pedra quem não tem ou já teve um móvel meio caidinho, clamando por um talento. Nem sempre sobra tempo ou paciência para dar aquele fino trato, mas sempre existem boas saídas.

remodelista 212

Uma delas é o stencil. Apenas um detalhe, num local certeiro, e o móvel se renova. Aqui tem mais sugestões para quem quiser ir um pouco além do detalhe.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Remodelista

Pequenas mudanças, grande diferença

Não são apenas as mudanças estruturais, tidas como de grande porte, as responsáveis por grandes transformações. Vamos tirar por base a organização de um ambiente: sacando um monte de coisa do campo visual, colocando tudo em seu devido lugar, a sensação de estar habitando um lugar novinho em folha já se faz presente. E assim funciona com outros detalhes, que muitas vezes estão guardados há séculos num baú, esperando voltar à ativa, ou então estão logo ali, na loja da esquina.

Espelho é um acessório super curinga. Na falta de uma obra de arte bacana, vale um espelho, que é vendido até em supermercados. Se a moldura não agrada, pinte, revista com fita adesiva ou lhe dê uma fantasia e bom proveito:

modernimummola.blogspot.fi

Um tapete traz aconchego imediato e, numa versão colorida, a mudança certamente será mais que notada. Além disso, uma boa dose de humor e criatividade colaboram com muita personalidade, aqui retratada numa prateleira e luminária resolvidas com tinta ou adesivo:

art and chic 66

Se o sofá está sem graça, talvez a solução não esteja na aquisição de um novo modelo, mas na escolha correta de boas companheiras: almofadas. E, como normalmente junto com um sofá temos uma mesa de centro ou lateral, poderá pintá-la numa cor que coordene com as almofadas:

hearthomemag.co.uk 1

Fé e flores nunca falham. Experimente dispor um pequeno maço de flores em qualquer recipiente e tudo muda como num passe de mágica. Dá trabalho sim, mas é uma questão de hábito, como comprar frutas:

petitevanou 998

Atualmente, ilustrações encontramos a rodo, desde internet ( algumas gratuitas ), passando por Home Center, até em feirinhas de final de semana. Vale uma composição para preencher o vazio da parede:

puxe a cadeira

Tecidos em molduras coloridas também cumprem bem a missão. As molduras são encontradas em lojas de artesanato ou nas clássicas lojinhas de 1,99. Já os tecidos, vale adquirir os vendidos para patchwork, disponíveis em pequena metragem, e muitos estabelecimentos vendem as estampas coordenadas:

pinterest 8766

Agora, se tem um montão de coisas armazenadas, já pensou em fazer um catadão e diagramá-las em algum ambiente? Vale o exercício e o “tudo junto e misturado” pode surpreender. O que não combinar, pode ser resolvido com uma boa customizada:

pinterest 4443

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Moderni Mummola /Art &Chic / Heart Home / Petitevanou / Puxe a Cadeira e Sente / Jeito de Casa / Pinterest

Camuflando a TV

Não sei se isso acontece com vocês, mas sempre travei brigas de cachorro grande com a TV de casa. Honestamente, não vejo muita graça numa TV reinando solitária na parede. E, pelo visto, o pessoal desse cafofo aí também não. Devem ter se inspirado naquele ditado  “se não pode com eles, ao menos tente confundi-los” e camuflaram a danada numa composição muito bem arranjada de quadros.

nicety livejournal 123

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Nicety Livejournal

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑