Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

mês

julho 2014

Firme no batente

Levanta, sacode a poeira e segue para o batente. Segunda-feira é assim e, como dizia minha avó: ” não tem barriga me dói”. Mas a parte boa de se viver nos tempos modernos é que muitas vezes a gente pode trabalhar de casa e nem é desculpa falar que não tem um lugar ajeitadinho diante de tantas possibilidades e ofertas de produtos. Um exemplo disso é esse escritório, todo montado com itens disponíveis em home center:

workspace-lm-141

workspace-25-aniversario-leroy-merlin-8

workspace-25-aniversario-leroy-merlin-15

workspace-lm-2

workspace-lm-4

A parte mais bacana desse projeto é que pode ser executado sob medida: dá pra montar versões em formatos menores e maiores, conforme o espaço que dispõe. As pranchas de madeira podem ser compradas já cortadas, o que facilita um bocado o trabalho, e gaveteiros e gavetinhas entram no projeto conforme a necessidade. O painel de madeira ao fundo cumpre bem a tarefa de delimitar o território, além de desempenhar um grande papel decorativo. Se preferir, pode trocá-lo por um tecido adesivo, que ajuda a diminuir o tempo de execução. Animou? O projeto completo está aqui.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

A perturbadora simplicidade

Ela se aloja na rusticidade dos materiais, nas linhas retas, na disposição feita ao acaso, no padrão estético descomplicado. Ela aparece de forma despojada, é responsável por cenários encantadoramente despretensiosos, capazes de arrancar suspiros. É uma tradução bem arranjada daquilo que é corriqueiro e muitas vezes sem valor, mas que o tempo, cumplicidade e observação foram capazes de esculpir.

Ela tem a qualidade do que pode ser aperfeiçoado, mas também já é perfeita como está. Acho que é bem nesse ponto, o de aceitar “o jeito como está”, que ela funciona. É improvisar e ponto. É colocar ali no parapeito da janela e ponto. É tornar o conjunto mais conciso sem perder nenhum detalhe. E é justamente isso que existe nessa casa.

nicety 1

nicety 2

nicety 3

nicety 4

nicety 5

nicety 7

nicety 8

nicety 10

nicety 11

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram. Venha conhecer nossa lojinha aqui.

Fonte: Nicety Livejournal

 

 

 

O que nunca nos contaram

Existem coisas que nunca nos falaram, talvez porque essas mesmas coisas nunca foram experimentadas de outras maneiras além daquelas para as quais foram criadas. Outras, por outro lado, foram testadas `a exaustão, e nos ensinaram que devemos fugir das fórmulas prontas.

Em todos os casos, acredito que tirar nossas próprias conclusões sempre vale a pena, cientes de que pode dar certo ou errado, e sabendo que muitas vezes podemos chegar naquele fabuloso resultado do tipo “como ninguém nunca pensou nisso antes?” ou apenas chegar `a conclusão de que o arroz com feijão nos atende muito bem.

Inevitavelmente, há sempre um risco envolvido – ser ousado demais ou clichê demais mas, diante de um potencial local para se desfrutar de uma vista sem fronteiras, é uma tremenda bobagem deixá-lo abandonado porque o piso original é feio de doer. Tinta epóxi nele, e ainda por cima verde para não restar dúvida de que a ideia é sim criar uma conexão pé pra fora.

casa e jardim verde

Muito da atmosfera que queremos trazer para a nossa casa se encontra na seleção de materiais dos móveis / objetos e nas cores usadas do que propriamente na localização de nosso endereço. Então, é possível ter uma cozinha com cara de casa de campo ou praia perfeitamente ajustada numa casa ou apê totalmente urbano.

casaabril misto

Aprendemos que existe a categoria área externa e área interna e, para cada uma, existem itens feitos sob medida. Mas que tal fazer de conta que isso é apenas uma convenção que não deve ser levada tão a sério assim e optar por  elementos vazados como divisória no quarto, por exemplo?

casaejardim elemento vazado

Do mesmo jeito, estamos cientes de que áreas molhadas, especialmente pia de cozinha, não são compatíveis com uma infinidade de cacarecos que tanto gostamos de expor. Mas nada impede que criemos alternativas, como uma prateleira feita com o próprio revestimento usado na bancada e outra convencional logo acima,  para fazermos nossa vontade falar mais alto.

desire to inspire marmore

Adesivos nunca foram tão cogitados quanto agora é e muito bom saber que existe muita vida além das versões estampadas e compradas prontas. Um simples recorte, numa cor sólida mesmo, pode ser até mais surpreendente.

dustjacket attic kitchen pb

Ou, quem sabe, muitos recortes juntos, contribuindo para dar um movimento e uma graça extra àquele móvel esquecido.

deconome.com

Jardins verticais não se limitam a corredores, terraços, varandas. Eles podem e merecem locais de destaque nas internas. E tem mais: podem dividir a atenção e fazer bonito junto a objetos numa estante,é apenas uma questão de mudar um pouquinho o conceito.

jeito de casa 1

E, quando a dúvida assola sobre como decorar uma peça mobiliária, não há mal algum em recorrer `a lembrança e usar a mesma solução encontrada por sua avó e dispor um arranjo floral num vaso.

recife-umcasa abril

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Casa&Jardim /  Casa Abril / Desire to Inspire / Dust Jacket / Deconome / Jeito de Casa

 

Um ponto iluminado

Cozinha pequena e apertada, aí está uma realidade com a qual muitos se identificam. Em poucos centímetros é preciso que caiba fogão, geladeira, microondas, armários, um arsenal inteirinho dedicado ao universo culinário. Calcular bem as dimensões de tudo é fundamental, mas também podemos dar uma ajudinha extra com a velha técnica da camuflagem.

Regards et Maisons  pontzo iluminado

Armários da mesma cor da parede praticamente desaparecem, deixando o todo parecer muito maior do que realmente é. E pra coisa toda não ficar monótona, uma cor vibrante rouba a cena apenas na parte inferior do armário.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Regards et Maisons

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑