Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

Uma cozinha para sexta-feira

madeinpersbo

Adoraria, em toda sexta-feira, poder ligar a vida no modo contemplativo: andar mais devagar, olhar atentamente para todos os lugares por onde passo diariamente, realizar pequenas coisas que me fazem bem, como perder algumas horas folheando livros repletos de imagens inspiradoras. Decretaria a sexta como o dia oficial do ócio, levaria os olhos para passear por diferentes cantos, sem pensar sério sobre coisa alguma, apenas deixando a cabeça registrar inúmeras referências ao acaso. Faz um bem danado nos cercar desses momentos à toa e altamente prazerosos porque, quando menos nos damos conta, de alguma maneira essas referências estão inseridas em nossa casa, é como dar vida à contemplação e torná-la uma realidade. Mais ou menos como essa cozinha, impregnada de uma simplicidade linda de se ver, capaz de nos transportar facilmente para um dia de feriado.

madeinpersbo1

madeinpersbo2

madeinpersbo3

madeinpersbo4

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: Made in Persbo

Azul, branco e algo a mais

remodelista etx

Embora a clássica combinação de azul e branco costume funcionar em boa parte dos casos, existem momentos em que ela pede um algo a mais para fugir um pouco do óbvio. E a parte boa disso é que ela é super amigável, já se tornou uma base neutra, então dá pra eleger diferentes arranjos de cores e texturas sem muito erro. No caso acima, o dourado foi bastante requisitado, enquanto doses certeiras de vermelho, laranja e fúcsia salpicam em alguns pontos. A textura  aparece para contribuir com suavidade e doar um maior movimento ao conjunto. Sem dúvida, essa é uma daquelas paletas boas e sem a menor monotonia pra gente carregar  como inspiração para diferentes cômodos de casa.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: Remodelista

Pra tentar no final de semana

A semana passa rapidinho e uma porção de coisas vamos empurrando pro fim de semana, acreditando piamente que aqueles curtos dois dias irão se multiplicar para darmos conta de resolver tudo. E ainda ter tempo pro descanso, claro.

A rotina é uma coisa doida mesmo, quando percebemos já foi dia, mês, ano e todos aqueles desejos de promover grandes mudanças em nossa casa ficaram para trás, infelizmente o tempo passou rápido demais.

Por isso, acredito que investir em pequenos carinhos e mudanças valha a pena, não consomem muito tempo, evita frustrações e sobra tempo para outras coisas. Espalhar flores, por exemplo, traz uma felicidade danada e muda totalmente o astral de uma casa.

sophierobinsoninteriors

Pintar uma parede ou um móvel demanda um pouquinho mais de tempo, no entanto é capaz de promover uma mudança tão fantástica que sempre acho que vale o investimento.

justina amarelo contag

Olhar com um cuidado maior os móveis e objetos que temos pela casa. Propor novas combinações e arranjos, fazendo aparecer cantinhos singulares e com funções que nunca nos passaram pela cabeça.

espacioliving

Do mesmo modo, uma parede sem graça pode ser falta de observação e dedicação. Aproveite o domingão preguiçoso e teste aqueles quadros e gravuras guardados e experimente também instalar um novo ponto de luz pra criar um clima mais aconchegante.

HC sala

Aos poucos, vá construindo um canto dedicado ao descanso, um local de leitura, um pequeno jardim ou um espaço pra meditação, mesmo que isso demande alguns finais de semana. Se nunca começar, ele nunca ficará pronto.

Keltainen Talo Rannalla canto

Arrisque uma recepção para os amigos, perca um bom tempo com conversas e risadas. Não é preciso um cenário perfeito pra isso, um cenário improvisado e feito com capricho pode ser surpreendente.

sfgirlbybay

E no momento do verdadeiro descanso, traga para junto o toque macio das texturas e as cores que te alegram para que inicie bem um novo dia.

el mueble escada

 

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Sophie Robinson / Justina Blakeney / Espacio Living / Histórias de CasaKeltainen Talo Rannalla / SF Girl by Bay / El Mueble

Habitando a esquina

design files

Esse post é uma dose de esperança para aqueles que ainda acham que o espaço de encontro entre as paredes é um canto ingrato, que não presta pra nada ou que, para torná-lo bacana, são precisos acessórios especiais pra essa finalidade. Pois essa questão pode estar muito mais relacionada à diagramação do que se imagina, basta reparar nessa feliz composição, onde prateleiras convencionais deram conta do recado. A boa disposição entre elas, juntamente com os objetos que carregam, gerou um resultado super harmonioso. E pra fechar com chave de ouro e conferir um movimento ao conjunto, um belo vaso suspenso entra no cenário. Bom pra gente aprender que não existem espaços impossíveis, existem espaços mal observados.

design files1

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: The Design Files

Entre ontem e hoje

planete deco 1

Acho bacana demais quando encontro uma casa acolhedora, que se assemelha a um longo abraço, e mais bacana ainda quando ela é cheia de ideias que facilmente podem ser transportadas para a nossa casa. Essa é uma delas, uma belíssima construção antiga e rústica que foi totalmente renovada e onde a cor e alguns acessórios muito bem pontuados desempenharam um papel fundamental para situá-la nos tempos atuais.

Numa base totalmente neutra, artigos têxteis são responsáveis por conferir uma atitude alegre e, junto com um bocado de madeira presente no mobiliário, doam um aconchego visual incrível. A convivência de diferentes estilos se assemelha a uma grande festa. Móveis antigos se harmonizam com o design moderno, tem alvenaria em cena e até prateleiras e nichos estratégicos têm presença garantida.

E, embora seja uma casa repleta de peças, ela é uma casa descomplicada, com uma organização sem a mínima neura, que até parece se colocar em ordem sozinha. E tem mais: tem plantas em todos os cômodos, para se certificar de que jamais soe como uma casa sem vida.

planete deco 2

planete deco 3

planete deco 4

planete deco 5

planete deco 6

planete deco 7

planete deco 8

planete deco 9

planete deco 10

planete deco 11

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: Planete Deco

Pufe, um parceiro excelente

el mueble puf

O pufe pertence àquela categoria de peças que servem para inúmeras finalidades: assento extra, como mesinha, apoio de pés. Transita na casa grande e pequena, a gente pode acomodar sob um aparador, num cantinho da sala e até no corredor. Encontrados em diferentes formatos, tamanhos e materiais, não é difícil achar um modelo que melhor se encaixe ao seu estilo. Vão da área interna para a externa com a maior facilidade e, em dias de festas, são extremamente úteis e companhias sempre perfeitas para se ter por perto.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: El Mueble

6 salas, 6 aprendizados

De tudo a gente pode tirar uma boa lição, basta ficar bem esperto nas referências as quais estamos expostos constantemente. Salas, por exemplo, vemos aos montes por aí, uma mais bacana que a outra, e certamente elas têm uma porção de ideias que podemos levar pra dentro de nossas casas.

damask et dentelle sofa

Uma grande peça pode “salvar” todo o resto

Sim, peças de grandes dimensões inevitavelmente chamam a atenção. Então, que tal tirar proveito disso e ainda reforçar um pouquinho com uma cor bem bacana? Isso te ajudará a economizar em muitos acessórios e demais firulas no entorno, sem deixar de criar um espaço bem marcante.

design sponge sala

Vida e aconchego

Umas das características mais prazerosas pra se ter em casa é a vivacidade, é sentir que um ambiente pulsa, que não é meramente figurativo. Nesse quesito, plantas são fantásticas, é um ser vivo bem pertinho que ainda contribui com texturas e até cores. Além disso, os elementos orgânicos também são bons companheiros, pois são capazes de doar um aconchego incrível.

desire cor

Ânimo

Cor é sempre o caminho mais curto para deixar qualquer espaço mais animado. Tem um móvel carrancudo? Tinta nele! O sofá tá bege? Almofada colorida nele! O piso anda caído? Tapete estampado nele! E assim, com boas doses de cor, tudo se torna contagiante.

oh joy color

Jovialidade

Madeiras claras com cores abertas e toques de dourado ou cobre. Essa é uma “receita” que ultimamente tem rodado muito por aí e capaz de reduzir muitos anos num ambiente. E alguns aspectos interessantes dessa combinação é que o rosa perde sua característica extremamente romântica e tanto o dourado quanto o cobre perdem seus aspectos arrogantes.

oh joy colors

Sem medo de ser feliz

Já faz muito tempo que caducou a proposta de tudo combinando, finalmente vale tudo: sofá com poltrona diferente; sofá com banco; cores distintas e berrantes! Se agradou seus olhos, é isso que interessa, o negócio é ser feliz com aquilo que te faz feliz.

turbulences deco pufe

Carta na manga

Peças coringas são itens indispensáveis dentro de uma casa, salvam a pele em inúmeras situações e, acredite, evitam o stress. Pode ser um aparador que num dia de festas se transforma em bar, um banco que vira mesa lateral no momento oportuno ou ainda pufes como os que estão acima, que geram acentos extras quando necessário e ainda fazem super bonito na composição geral.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Damask et Dentelle / Design Sponge / Desire to Inspire / Oh Joy! / Turbulences Deco

Uma sala de encher os olhos

housebeautiful

Tem jeito não, a gente sempre acaba botando reparo na sala quando entramos numa casa, até porque é normalmente nela que somos recebidos e passamos um tempo maior. Uma sala bacana deixa sua marca registrada, é capaz de contar o interesse das pessoas que ali habitam ou passam por ela e também tem aconchego extra, dando aquela vontade de ficar por lá durante horas a fio. Essa é uma delas! Riquíssima em objetos que narram histórias, com vagas para um bom bate-papo ou mesmo um convite à preguiça, que durante o dia é uma e que, quando os abajures se acendem, deve ganhar uma atmosfera totalmente nova. Uma sala que é um devaneio de ideias que podem muito bem funcionar dentro de nossas casas e ainda fazerem um sucesso danado. Uma sala de gente que não tem receio de expor seus gostos e que é muito feliz.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: House Beautiful

Do quarto para a cozinha

my scandinavian home

Vivemos a época de rever conceitos em virtude de inúmeras situações as quais estamos expostos: jardim, em função das metragens cada vez menores; a mistura de estilos convivendo num mesmo ambiente; projetos comerciais que invadem residenciais e vice-versa; e, claro, o conceito de função do mobiliário. Não tem mais essa de que determinado móvel projetado para determinada função não possa mudar de ideia no meio do percurso. Uma cômoda, por exemplo, perdeu a serventia no quarto / closet e a partir daí se tornou uma inválida? Basta pensar um pouquinho fora da caixa para lhe arranjar uma vaga na cozinha e, junto com mais algumas prateleiras, dar-lhe status de armário de cozinha, com a vantagem de ter um charme extremamente peculiar. E isso se aplica a outros mobiliários, ajudando a trazer uma dose extra de identidade e autenticidade para qualquer recinto.

my scandinavian home 1

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: My Scandinavian Home

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com. | Tema Baskerville.

Acima ↑

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 189 outros seguidores