Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

93m2 de muita vida

nicety 1

Luz natural e área externa ( mesmo que micro!) deveriam ser itens obrigatórios em qualquer projeto. Tremenda coisa boa é uma abertura generosa, torna os espaços mais bonitos, leves, é um verdadeiro passaporte para a alegria. E um pedacinho pé pra fora, pra sentir o vento e o sol? Ah, gera uma felicidade tremenda! Mas, se você infelizmente não foi contemplado com esses dois itens, esse apê de 93m2 possui outros atributos bem interessantes,  capazes de criar uma atmosfera cheia de vida em qualquer cafofo, e o uso de excelentes pinceladas coloridas para onde quer que se dirija o olhar é uma delas. Numa base totalmente neutra, as cores são pura festividade e, como estão presentes apenas em acessórios, o perigo de enjoar passa longe. Além disso, estampas e texturas também estão presentes em diferentes cômodos, não deixando a monotonia pairar de forma alguma. E cada cantinho povoado, cada pedacinho bem cuidado, provam que o carinho colocado em cada detalhe é aquela dose de poesia que arranca um sorriso todo santo dia, até mesmo quando a luz natural não é das melhores e quando a área externa não passa de uma fotografia paradisíaca presa à parede.

nicety 2

nicety 3

nicety 4

nicety 5

nicety 6

nicety 7

nicety 8

nicety 9

nicety 10

nicety 11

nicety 13

nicety 14

nicety 15

nicety 16

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: Nicety Livejournal

Labuta em domicílio

Levar trabalho pra casa ou trabalhar em casa se tornou uma realidade cada vez mais comum na vida de muitas pessoas. A questão é como acomodar a labuta dentro do universo doméstico, especialmente quando esse universo não tem lá grandes dimensões.

Uma ótima saída é se apropriar do espaço vertical, construindo um home office de prateleiras. Nessa versão onde elas são dispostas em trilhos, a versatilidade domina, sendo possível pirar de montão com prateleiras em diferentes dimensões, o que acaba por doar um “movimento” super bacana ao espaço e que melhor se adapte às necessidades. Faltou espaço? Encaixa mais uma prateleira. Cansou do layout? É só trocar a disposição. E pra finalizar, um tapete demarca o espaço do home office e uma plantinha traz vida e uma alegria danada.

decorology office

Mesmo num cantinho de parede é possível ter um home office super charmoso e que dê conta de acomodar um tantão de pertences. Aqui, uma mesa de pequenas proporções entrou em cena e nichos revestidos em tecido fizeram as vezes de prateleiras. Todo o glamour desse pequeno ambiente ficou a cargo de uma bela curadoria de objetos, além de estampas e texturas muito bem coordenadas.

desiretoinspire

desiretoinspire1

E, por fim, um home office muito simpático que se encaixa na estante. A grande sacada é torná-la bem eclética mesmo, comportando tanto itens de trabalho quanto os itens convencionais, sendo que esses se destacam pela gama colorida, enquanto os itens de home office se fundem à parede, sendo notados apenas num segundo momento.

micasa estante home office

Quer mais ideias de home office? É só clicar aqui, aqui, aqui e aqui.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Decorology / Desire to Inspire / Revista Micasa

Pequena e cheia de bossa

decoralia.es

Não há metragem pequena e difícil o suficiente que não se renda a uma boa ideia. Essa varandinha aí que o diga! Num espaço estreito, meio sem graça, a grande sacada desse ambiente foi a utilização do espaço vertical: o painel de ripas de madeira deu um efeito sensacional na parede e criou o cenário perfeito pra receber mesa e cadeiras. Pra finalizar, tapete, plantas e luminárias entram em cena dando o tom acolhedor. E assim, com um projeto bem descomplicado,  surgiu o cantinho externo dessa casa, um tremendo luxo para desfrutar nos dias atuais.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: Decoralia

Pau pra toda obra

freshome

Prateleira é daquelas invenções fantásticas, que podem ser adaptadas ao gosto do freguês. Tem as largas, as mais estreitas, as chamativas, as mais tímidas; tem também com diferentes acabamentos e modelos, para diversos bolsos e para múltiplas utilidades. A real é que elas são itens extremamente versáteis, que suprem numa boa a falta de vaga para acomodar um bocado de coisas e ainda podem assumir diferentes facetas de acordo com o “recheio”. Em grupos ou solitária, presa em alturas convencionais ou não, prateleira é pau pra toda obra, companhia das boas pra ter dentro de casa.

apart-therapy-bath

apart shelve

designlovefest

garance dore prat copos

justina blakekeny office

my scandinavian home prateleira

the jungalow

turbulences deco plants

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Freshome / Apartment Therapy / Designlovefest / Garance Doré / The Jungalow / My Scandinavian Home / Turbulences Déco

Uma bela recepção

inicio

Abrir a porta e logo de cara se deparar com um belo recinto é uma excelente maneira de recepcionar bem quem chega e também dar uma alegriazinha extra toda vez que voltamos pra casa. No entanto, hall de entrada não costuma ser um espaço muito fácil de lidar: sujeito normalmente estreito que, além de servir como passagem, possui a função de guardar alguns pertences.

Aliar espaço ingrato com funcionalidade e boniteza parece tarefa muita árdua, até percebermos que com um bocado de capricho e algumas ideias dá pra desenvolver um hall capaz de causar uma bela impressão. Pintar a porta, taí uma saída interessante e econômica, que imediatamente muda a atmosfera do local. Pra acompanhar, um tapete com uma estampa marcante, um móvel de apoio nas dimensões adequadas à área disponível e alguma(s) graça pra enfeitar a parede.

Com os itens “maiores”  orquestrados, é o momento de acrescentar os acessórios, elementos fundamentais para dar vida e movimento ao ambiente. Em cena entram porta-tranqueiras para acomodar pequenos pertences, plantas e algum mobiliário de porte modesto que possa servir como um apoio adicional. E pra fechar, é caprichar numa iluminação que coloque todo o trabalho e execução em evidência.

oldbrandnew2

oldbrandnew3

oldbrandnew4

oldbrandnew7

colocar

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: Old Brand New

Uma cozinha para sexta-feira

madeinpersbo

Adoraria, em toda sexta-feira, poder ligar a vida no modo contemplativo: andar mais devagar, olhar atentamente para todos os lugares por onde passo diariamente, realizar pequenas coisas que me fazem bem, como perder algumas horas folheando livros repletos de imagens inspiradoras. Decretaria a sexta como o dia oficial do ócio, levaria os olhos para passear por diferentes cantos, sem pensar sério sobre coisa alguma, apenas deixando a cabeça registrar inúmeras referências ao acaso. Faz um bem danado nos cercar desses momentos à toa e altamente prazerosos porque, quando menos nos damos conta, de alguma maneira essas referências estão inseridas em nossa casa, é como dar vida à contemplação e torná-la uma realidade. Mais ou menos como essa cozinha, impregnada de uma simplicidade linda de se ver, capaz de nos transportar facilmente para um dia de feriado.

madeinpersbo1

madeinpersbo2

madeinpersbo3

madeinpersbo4

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: Made in Persbo

Azul, branco e algo a mais

remodelista etx

Embora a clássica combinação de azul e branco costume funcionar em boa parte dos casos, existem momentos em que ela pede um algo a mais para fugir um pouco do óbvio. E a parte boa disso é que ela é super amigável, já se tornou uma base neutra, então dá pra eleger diferentes arranjos de cores e texturas sem muito erro. No caso acima, o dourado foi bastante requisitado, enquanto doses certeiras de vermelho, laranja e fúcsia salpicam em alguns pontos. A textura  aparece para contribuir com suavidade e doar um maior movimento ao conjunto. Sem dúvida, essa é uma daquelas paletas boas e sem a menor monotonia pra gente carregar  como inspiração para diferentes cômodos de casa.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: Remodelista

Pra tentar no final de semana

A semana passa rapidinho e uma porção de coisas vamos empurrando pro fim de semana, acreditando piamente que aqueles curtos dois dias irão se multiplicar para darmos conta de resolver tudo. E ainda ter tempo pro descanso, claro.

A rotina é uma coisa doida mesmo, quando percebemos já foi dia, mês, ano e todos aqueles desejos de promover grandes mudanças em nossa casa ficaram para trás, infelizmente o tempo passou rápido demais.

Por isso, acredito que investir em pequenos carinhos e mudanças valha a pena, não consomem muito tempo, evita frustrações e sobra tempo para outras coisas. Espalhar flores, por exemplo, traz uma felicidade danada e muda totalmente o astral de uma casa.

sophierobinsoninteriors

Pintar uma parede ou um móvel demanda um pouquinho mais de tempo, no entanto é capaz de promover uma mudança tão fantástica que sempre acho que vale o investimento.

justina amarelo contag

Olhar com um cuidado maior os móveis e objetos que temos pela casa. Propor novas combinações e arranjos, fazendo aparecer cantinhos singulares e com funções que nunca nos passaram pela cabeça.

espacioliving

Do mesmo modo, uma parede sem graça pode ser falta de observação e dedicação. Aproveite o domingão preguiçoso e teste aqueles quadros e gravuras guardados e experimente também instalar um novo ponto de luz pra criar um clima mais aconchegante.

HC sala

Aos poucos, vá construindo um canto dedicado ao descanso, um local de leitura, um pequeno jardim ou um espaço pra meditação, mesmo que isso demande alguns finais de semana. Se nunca começar, ele nunca ficará pronto.

Keltainen Talo Rannalla canto

Arrisque uma recepção para os amigos, perca um bom tempo com conversas e risadas. Não é preciso um cenário perfeito pra isso, um cenário improvisado e feito com capricho pode ser surpreendente.

sfgirlbybay

E no momento do verdadeiro descanso, traga para junto o toque macio das texturas e as cores que te alegram para que inicie bem um novo dia.

el mueble escada

 

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Sophie Robinson / Justina Blakeney / Espacio Living / Histórias de CasaKeltainen Talo Rannalla / SF Girl by Bay / El Mueble

Habitando a esquina

design files

Esse post é uma dose de esperança para aqueles que ainda acham que o espaço de encontro entre as paredes é um canto ingrato, que não presta pra nada ou que, para torná-lo bacana, são precisos acessórios especiais pra essa finalidade. Pois essa questão pode estar muito mais relacionada à diagramação do que se imagina, basta reparar nessa feliz composição, onde prateleiras convencionais deram conta do recado. A boa disposição entre elas, juntamente com os objetos que carregam, gerou um resultado super harmonioso. E pra fechar com chave de ouro e conferir um movimento ao conjunto, um belo vaso suspenso entra no cenário. Bom pra gente aprender que não existem espaços impossíveis, existem espaços mal observados.

design files1

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: The Design Files

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 195 outros seguidores