Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

Um banheiro daqueles

apart-3

Chegar em casa após um dia corrido e tomar um belo banho sem dúvida é uma das coisas boas a se fazer nessa vida. Se for num banheiro agradável, então nem se fala. E o agradável não significa necessariamente luxuoso, apenas quer dizer que todo o contexto conspira para que esse momento seja único.  Esse aí, por exemplo, com azulejos branquinhos e uma banheira à moda antiga me parece o recinto perfeito para o combo banho + relax + alegria. Além disso, tem o necessário à mão e alguns enfeites para garantir que a impessoalidade passe longe. Tem um piso lindo de ladrilhos e até tem direito a copo na pia com escova e pasta de dentes, como qualquer banheiro realmente habitado. Mas acho que o mais especial que ele tem é o óbvio que muitos não conseguem enxergar e outros não apenas enxergam como transformam numa bonita simplicidade.

apart-1

apart-2

apart-4

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram. Conheça nossa loja aqui.

Fonte: Apartment Therapy

Os pequenos detalhes

jeito-de-casa

Um bilhetinho escrito à mão, o arco-íris que se forma após a baita chuva de verão, uma árvore que encanta no meio da cidade. O que seria da vida sem os pequenos detalhes? Continuaria seguindo firme e forte, talvez com menos pausas e distrações, mas com certeza sem tanta graça. São os pequenos detalhes que nos dão um chacoalhão, que nos fazem botar real reparo a nossa volta ou apenas nos tornam mais alegres. Com casa também é assim. Grande parte das vezes não precisa ser nada mirabolante, precisa apenas fazer um sentido especial. É o vaso que se transforma a cada visita à floricultura, o cuidado na escolha da mão-francesa que suporta a prateleira rústica,  é a luz, é a coleção. É fazer caber vários sentimentos bacanas em quatro paredes e deixar que eles nos peguem de surpresa.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram. Conheça nossa loja aqui.

Fonte: Jeito de Casa

 

 

 

Uma casa com gênio

keltainentalorannalla1

Lembro bem da casa da minha avó materna. Ousada, marcante e ainda assim uma digna casa de vó. Da geladeira saia sempre a mesma marca de refrigerante, no congelador sempre havia sorvete caseiro com frutas cristalizadas e as azeitonas pretas temperadas no capricho eram um dos meus aperitivos favoritos. Era tudo muito agradável e familiar ao paladar, a grande surpresa residia nas paredes e nos móveis que viviam trocando de lugar. Havia dias em que a pintura cobria meia parede, no outro elas já estavam cobertas de quadros com essência dadaísta ou desenhos estampados feitos com stêncil improvisado. As cortinas de tecido pesado eram a alegria da brincadeira de esconde-esconde e a cada nova estação elas davam passagem para novas cores. Os móveis clássicos eram adornados com os objetos mais inusitados, daqueles que demandam anos de garimpo. A cada abertura de porta era uma revelação, arrancava um sorriso ou causava um certo estranhamento. Mas tudo, sem tirar nem por, carregava uma história repleta de curiosidades, contada sem pressa e acompanhada de um tom peculiar, próprio de gente que não tem medo de mudança. Aquela casa, assim como essa, era uma casa de espírito livre e personalidade forte, de gente que arrisca, que revela seus gostos e que bota fé que o envolvimento é o melhor recurso pra fazer uma casa feliz.

keltainentalorannalla

keltainentalorannalla2

keltainentalorannalla3

keltainentalorannalla4

keltainentalorannalla5

keltainentalorannalla6

keltainentalorannalla7

keltainentalorannalla8

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram aqui. Conheça nossa loja aqui.

Fonte: Keltainen talo rannalla

A qualidade do imperfeito

fancywindows1

Transbordo de alegria quando encontro casas como essa, onde há vagas para diferentes épocas, estilos, estados de conservação. São casas que respeitam o valor embutido em cada metro de alicerce, móvel ou objeto mas que, acima de tudo, são capazes de se reinventar a qualquer instante, simplesmente porque não estão presas a nenhuma regra. Casas que acreditam que o improviso é um ótimo ensaio para decisões mais sérias, que encaram de boa que os cômodos assumam diferentes funções, que celebram nitidamente todas as transformações de seus moradores. Casas que possuem orgulho de suas marcas, repletas de enredos, e que sabem que os detalhes não são supérfluos. Casas que sempre estão prontas e nunca acabadas, sempre dispostas a nos surpreender.

fancywindows2

fancywindows3

fancywindows4

fancywindows5

fancywindows6

fancywindows7

fancywindows8

fancywindows9

fancywindows10

fancywindows11

fancywindows12

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram. Conheça nossa loja aqui.

Fonte: Fancy Windows

Cozinha afetiva

desire-lin

Uma cozinha bacana vai muito além de conquistar o estômago, ela precisa conquistar também o coração. E quando é bacana mesmo, faz até aquele misto quente sem-vergonha parecer a iguaria mais refinada do mundo. Ela alimenta os olhos e os demais sentidos. É aquele lugar da casa onde se fala em voz alta quando a panela de pressão tá no fogo ou se fala aos sussurros no meio da noite enquanto toma aquela xícara fumegante de chá de erva cidreira. Cozinha é quase que um acontecimento, é um laboratório, é o recinto que alimenta o corpo. É ela que embala a casa, que faz muita gente acordar no tranco, que perfuma de um jeito especial e que rega as melhores conversas entre um experimentar e outro. Diante de tamanha importância, é preciso lançar sobre ela um olhar carinhoso que ultrapasse os utensílios domésticos. É acrescentar cor e alegria, é adicionar um vaso ou alguns objetos, é temperar com sentimento. E também é arriscar e fugir da receita trivial.

549d7e8dd6a210424ba2b7caffa79ca602462699

apart

apart1

decor8

moodys-home

pinterest

skonahem-green-chair

Siga o Forma:Plural no Instagram e no Facebook. Conheça nossa loja aqui.

Fontes: Desire to Inspire / Miluccia / Apartment Therapy / Decor8 / Moddys Home / Pinterest / Skona hem

Pequenos jardins

casa-abril-small

Esse é mais um daqueles espaços externos pequenos que tornam nossas esperanças gigantes, pois nos faz perceber que pouco importa o tamanho que se tem, mas sim o que se faz com ele. Plantas contornam todo o espaço e, mesmo que não seja possível contar com árvores como nessa referência, vasos com espécies de maior porte dão conta do recado. O piso preenchido por pedriscos juntamente com uma pequena passarela de madeira de demolição conferem ares rústicos e repleto de graça, enquanto todo o mobiliário é um convite e tanto para horas de um animado bate-papo. 

pinterest

Esse aqui também é um exemplar bem interessante e até diria ser total flex, afinal um painel de madeira com jardineiras floridas nos dá a liberdade de tornar qualquer mini espaço um cenário verde lindão.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram. Venha conhecer nossa lojinha aqui.

Fontes: Casa Abril e Pinterest.

No reino das estampas

apart-therapy1

Embora atualmente já não se cultive tanto o medo por cores, ainda existe uma certa resistência em função do receio de enjoar. Por esse motivo, muita gente mesmo tendo uma vontade imensa de colorir paredes, móveis etc, ainda opta por viver num universo neutro para não correr o menor risco. Mas e se existir uma forma desse universo monocromático se tornar super colorido, com a facilidade de voltar a sua forma original quando bem entender? Pois é justamente aí que entram as estampas, para serem uma explosão de cores e formas por todos os lados, com a vantagem de poderem ser substituídas quando o desejo  decretar prazo de validade. Além disso, estampas são elementos visualmente interessantes que atiçam o olhar, conferem aconchego e doam uma personalidade absurda, capaz de retratar toda uma história numa breve leitura. Para quem achou essa proposta bacana, certamente essa casa do Apartment Therapy será uma inspiração das boas, pois é um ótimo exemplo de aplicação de estampas em todos os cômodos, para que cada um crie sua própria versão.

apart-therapy2

apart-therapy3

apart-therapy5

apart-therapy7

apart-therapy8

apart-therapy10

apart-therapy12

apart-therapy13

apart-therapy14

apart-therapy15

apart-therapy16

apart-therapy17

apart-therapy19

apart-therapy20

apart-therapy21

apart-therapy23

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram. Venha conhecer nossa lojinha aqui.

A cara do domingo

jurnaldedesigninterior1

Essa é uma daquelas casas com cara de domingo, onde parece que o dia corre devagar e com cheiro de preguiça. Tudo nela tem aspecto de descanso, com sofás repletos de almofadas pra se jogar até livros que nos levam para terras distantes. Uma casa que também é um convite pra um gostoso bate-papo; nada muito sério, apenas divagações com direito a uma boa vista. Acolhedora e contemplativa, daquelas onde se cozinha com visitas e o almoço se estende até o café da tarde. Com chuva, sol, frio ou calor, ela é como um abraço conhecido: confortável e repleta de delicadezas sutis.

jurnaldedesigninterior2

jurnaldedesigninterior3

jurnaldedesigninterior4

jurnaldedesigninterior5

jurnaldedesigninterior6

jurnaldedesigninterior7

jurnaldedesigninterior8

jurnaldedesigninterior9

jurnaldedesigninterior10

jurnaldedesigninterior11

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram. Já conhece nossa lojinha? É só clicar aqui.

Fonte: Jurnal de Design Interior

Composição “de esquina”

Elleinterior.se comp

Normalmente, as composições de quadros são realizadas em locais de grande destaque e visibilidade, como a parede acima do sofá ou acima de um grande aparador. Mas, que tal se apropriar de um local onde não é costumeiro se dar a mínima bola e fazê-lo virar um ponto focal incrível dentro de um recinto? Pois é exatamente isso que fizeram na foto acima e o resultado é fantástico. A composição usa a “esquina” das paredes, vai de cima a baixo, com direito até a quadro no chão, simplesmente encostado. É aquela tal história: muitas vezes, pra surpreender, não é preciso muito, basta uma leitura um pouquinho diferente.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram. Já conhece nossa lojinha? É só clicar aqui.

Fonte: Elle Interior

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑