Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

mês

setembro 2014

Uma questão de companhia

A gente sempre tem uma maior afinidade com uma determinada cor, aquela que por um motivo ou outro nos transmite uma sensação agradável. Em contrapartida, existe sempre uma ou algumas cores que simplesmente não nos dizem nada, talvez porque não tenhamos uma referência interessante construída em nossa cabeça ou apenas porque nunca lhes demos uma chance real.

De qualquer modo, acredito que todas as cores possuem um tremendo potencial, só soam como cores “ruins” aquelas que estão mal acompanhadas. Sim, cor é também uma questão de companhia. Pode acontecer da parede pintada de sua cor favorita e adicionada de uma peça mobiliária específica ficar feia de doer. E vou dizer: isso já foi motivo de muita frustração aqui em casa!

Cor tem gênio, é preciso entender seu perfil, suas necessidades e, a partir daí, traçar um cenário onde consiga sentir que o diálogo está rolando. Quantos móveis carracundos não são salvos com adornos coloridos? Quantos sofás se tornam simpáticos com um punhado de almofadas? E uma casa se faz assim, com uma porção de coisas aqui e ali que, independente do estilo ou da arquitetura, seja capaz de viver em harmonia.

É uma tarefa árdua, precisa sacar a coragem lá do fundo e experimentar. Abstrair alguns padrões e se jogar num universo de possibilidades e, se bobear, ainda se aliar a cores que nunca cogitou. A aventura é garantida, com vários tropeços no percurso, mas com a oportunidade de encontrar parcerias incríveis, como os exemplos que temos nessa casa.

casa aberta 1

casa aberta 2

casa aberta 3

casa aberta 4

casa aberta 5

casa aberta 6

casa aberta 7

casa aberta 8

casa aberta 9

casa aberta 10

casa aberta 11

casa aberta 12

casa aberta 13

casa aberta 14

casa aberta 15

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Casa Aberta

Anúncios

Dando um trato no sofá

Se não é de hoje que se encontra desgostoso com seu sofá, seja porque não curte mais a cor, o estofado manchou ou porque já se encheu mesmo dele, saiba que muitas vezes utilizar uma peça têxtil, desde uma tapeçaria bacana até um caminho de mesa, pode ser uma solução rápida e econômica para dar um tapa urgente. As opções são muitas, dá pra usar uma única peça marcante ou bolar uma composição com  mescla de estampas e, claro, um bocado de almofadas também colabora bastante.

Emily Henderson 1

 

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Emily Henderson

Recebendo em casa

Shiny Squirrel lamp

Quer queira ou não, somos um povo caloroso, com a incrível capacidade de lidar com diversos idiomas. A ginga brasuca é indiscutível, a gente mistura culturas dos quatro cantos e monta nossa versão, normalmente traduzida num sorriso na cara e com a mesa posta. Sim, somos craques em receber bem, cada um a seu modo. E é sobre isso o post de hoje.

Mes petites choses

Na minha opinião, uma mesa bem ajeitada é um grande ícone do bem receber. Mesmo que a casa como um todo esteja radiante, é ela quem faz o convite a uma conversa agradável, carrega o esboço de sua intenção. E isso não quer dizer que precisa investir em louças caríssimas, num menu absurdo ou  dispor de uma área e móveis destinados exclusivamente a eventos.

Quanto mais original e carinhosa for sua proposta, mais as chances de criar uma boa recepção aumentam. Dessa forma, tenha em mente que esse ato não acontece todos os dias, então abuse do provisório: carregue móveis de outros locais da casa para ajudar a compor esse momento, use e abuse de diferentes fontes de iluminação, capriche nas flores, insira almofadas no enredo, mescle as louças e nunca se esqueça de que novos usos para elementos corriqueiros caem muito bem para a ocasião.

athomeinlove.com

apart therapy nada é pra sempre mesa festa

camille styles table

casa haus boh

cepaynasi Ambiance rétro sur jardin4

chic-deco

chicanddeco.com

Justina Blakeney patio

l mueble 99

micasa mesa

my paradissi almoço quintal

zsazsa lan

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Shiny Squirrel / Mes petites choses / Apartment Therapy / At Home in Love / Camille Styles / Casa Haus / Cepaynasi / Chic DecóJustina Blakeney / El Mueble / Micasa / My Paradissi / ZsaZsa Bellagio

 

Em Setembro

 

home&garden

Parece que a vida segue mais leve, o sol brilha mais forte e a gente se anima. Mesmo demorando um bocado para perceber, porque determinados acontecimentos começamos a botar reparo depois de repetidas vezes, penso que esse mês talvez seja um dos mais especiais do ano.

Ele é o que contempla a estação das flores, o início de um ciclo de preparação para as férias e festas, é o mês da transformação. Depois de um período de descanso da casa com portas e janelas fechadas, é chegado o momento de abri-las para deixar a brisa entrar, sentir o pé tocando o piso fresco, cercar-se de gente querida nas noites que se tornam mais quentes.

apart therapy set

É uma boa hora de perder o medo e arriscar preencher a parede com algo muito radiante.

Sfgirlbybay bed-6

Incrementar o momento de descanso com as cores que nos recebem quando acordamos.

adore-home-chic-office

Tornar a labuta mais suave, trazendo pra perto o que achamos que é bonito.

apart therapy color

Dar um fino trato naquele estofado super confortável mas que perdeu a alegria.

casaejardim estante vidro

Destacar aquela composição tão bacana com uma boa dose de energia.

cepaynasi almpfadas

E seguir testando as combinações até chegar naquela que fará o olhos sorrirem.

cush and noks ye

Mesmo que para isso precise concentrar quase todo o foco no chão.

design files detalhe

Ou mesmo elaborar uma pintura que fuja dos padrões tradicionais.

planete deco xadrez

Setembro abre as possibilidades mais diversas, criando a oportunidade de enxergarmos as cores e formas de modos exclusivos, até é capaz de nos fazer acreditar  que um excelente picnic é apenas uma questão da toalha de mesa que usamos.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Home&Garden / Apartment Therapy / Sf Girl by Bay / Adore Magazine / Casa&Jardim / Cepaynasi / Cush and Nooks / Design Files / Planete Deco

 

Blog no WordPress.com.

Acima ↑