Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

Tag

hall de entrada

Uma bela recepção

inicio

Abrir a porta e logo de cara se deparar com um belo recinto é uma excelente maneira de recepcionar bem quem chega e também dar uma alegriazinha extra toda vez que voltamos pra casa. No entanto, hall de entrada não costuma ser um espaço muito fácil de lidar: sujeito normalmente estreito que, além de servir como passagem, possui a função de guardar alguns pertences.

Aliar espaço ingrato com funcionalidade e boniteza parece tarefa muita árdua, até percebermos que com um bocado de capricho e algumas ideias dá pra desenvolver um hall capaz de causar uma bela impressão. Pintar a porta, taí uma saída interessante e econômica, que imediatamente muda a atmosfera do local. Pra acompanhar, um tapete com uma estampa marcante, um móvel de apoio nas dimensões adequadas à área disponível e alguma(s) graça pra enfeitar a parede.

Com os itens “maiores”  orquestrados, é o momento de acrescentar os acessórios, elementos fundamentais para dar vida e movimento ao ambiente. Em cena entram porta-tranqueiras para acomodar pequenos pertences, plantas e algum mobiliário de porte modesto que possa servir como um apoio adicional. E pra fechar, é caprichar numa iluminação que coloque todo o trabalho e execução em evidência.

oldbrandnew2

oldbrandnew3

oldbrandnew4

oldbrandnew7

colocar

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fonte: Old Brand New

Bancos que viram aparadores

Acho que poucos ainda duvidam da versatilidade dos bancos, pois são capazes até de fazer as vezes de um aparador, com a diferença de serem encontrados a preço mais amigável, numa maior variedade de opções e ainda contribuem para deixar o ambiente com um visual mais despojado. Veja algumas sugestões de como tirar um baita partido dessa peça na função de aparador:

1 sfgirlbybay

 

79ideas_living_area_details

Bjurfors

casa trés chic

 

cepaynasi 98

decoratrix

design attractor

espcio vital

fancywindows.blogspot

jurnaldedesigninterior 3

planete deco 125

planete deco rus

planete deco

 

Mais ideias com bancos aqui.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: SF Girl by Bay / 79 IdeasBjurfors / Casa Très Chic / Cepaynasi / Decoratrix / Design Attractor / Espacio Vital / Fancy Windows / Jurnal de Design / Planete Deco

Bancos para o que der e vier

A gente sempre tem uma peça em casa que serve para inúmeras situações. No meu caso, tenho um criado-mudo. Ele já esteve no quarto, em sua função convencional, já habitou a sala como bar, e chegou até a servir de apoio na cozinha. Tudo aconteceu naturalmente, por uma mera questão de necessidade e por contar com a peça à mão ( e, claro, por ser um móvel cheio de charme! ). Mas, e quando pensamos em investir num novo mobiliário, que possa atender as nossas expectativas e que seja uma peça capaz de acompanhar toda aquela vontade de mudança que bate repentinamente? Minha aposta seria um banco de proporção não muito generosa e, de preferência, de linhas retas, para não ter conflitos com os demais itens.

Como mesa de centro, produz um efeito interessante e, se chegarem mais visitas, os assentos extras estarão garantidos.

apart therapy

Ele também substitui um conjunto de cadeiras, com uma vantagem: se apertar um pouquinho, sempre cabe mais um.

decor 8 banco

Num hall de entrada, acompanhado de um ou outro adorno, não deixa nada a desejar.

entrei e te conheci banco

planete deco 8654

perfeita ordem hall

Para dar aquele suporte no quarto ou em qualquer outro ambiente, sem comprometer muito o espaço.

nicety

É até capaz de suprir um móvel um pouco mais complexo, como uma estante ou rack, deixando um visual mais despojado.

homeanddelicious

referans

E para uma composição clássica num local de lazer.

zsa zsa 7654

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Apartment Therapy / Decor8 / Entrei e te Conheci / Planete Deco / Perfeita Ordem / Nicety / Home and Delicious / ReferansZsaZsa Bellagio

Em preto

Eita cor que mete medo em muita gente, seja para ser usada numa parede, num móvel ou até mesmo em acessórios. Realmente, ela é dotada de uma dramaticidade acentuada, mas também é dona de uma elegância bastante peculiar.

Talvez a forma mais comum aceita seja no formato de estampa, onde mesclada com branco cria padrões encantadores, capazes de acolher uma vasta paleta de cores:

dustjacket attic1111

casa chaucha patio

moody's home 88543

style essentials a

pargy 299543

Um padrão preto e branco é muito democrático, sem dizer que confere uma textura rica a qualquer ambiente. Mas o que dizer de uma parede em preto?

haya-decor 8886543

o móvel 22

poppytalk 231

Ela faz todos os elementos se destacarem muito mais e, embora toda sua face dramática permaneça, ela não deixa necessariamente um visual carregado, faz os cenários se tornarem muito mais evidenciados. Claro que o cuidado com as “companhias” e com a iluminação é fundamental, vale observar a quantidade de pontuações coloridas que temos em todos os espaços. Mas, de nada adianta ter uma imensidão de elementos coloridos se a luz não colaborar, mas convenhamos que isso também se aplica a paredes de outras cores. Com uma quantidade generosa de entrada de luz, até as cozinhas se renderam ao preto:

casa abril cozinha cimento e preto

decocrush black kitchen

E claro que as zonas mais claras não poderiam ficar de fora:

Botte Secrète 2

pinterest 44444

Um toque de preto é uma dose instantânea de elegância nos itens mais simples:

79 ideas 99993

emmas designblogg 13

E uma afirmação que o clássico preto nunca sai de moda:

Usta Giremez 22

pinterest 37 listra

zsa estante preta

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Dustjacket / Casa Chaucha / Moody’s Home / Style Essentials / Pargy / Haya Decor / O Móvel / Poppytalk / Casa Abril / Decocrush / Botte Secrète / Pinterest / 79 Ideas / Emmas Designblogg / Usta Giremez / Pinterest / ZsaZsa Bellagio

Saídas de mestre

Vira e mexe a gente tromba com ideias surpreendentes, seja pelo uso de um material inusitado para determinada finalidade como o uso convencional num local mais que certeiro.

Estamos carecas de ver e ouvir falar sobre o poder dos espelhos, mas espelho na cozinha é coisa bem rara e aqui o efeito é chocante. Duplicou o tamanho do espaço só na ilusão de ótica ( até difícil sacar, perceberam?):

apart therapy

Quem não viu a famosa treliça na casa da vó ou de alguma tia? Ela servia para separar muitos espaços externos e de quebra ainda virava suporte para plantas. Para quem acha que a treliça foi esquecida, olha ela aí no fundo dos nichos. Continua sendo um ótimo recurso para “fechar” sem comprometer a luminosidade:

thefoxtrotter.fr treliça

E uma pilastra camuflada com concreto aparente serviu de suporte para prateleiras igualmente rústicas, que assumiram o caráter de  um móvel com múltiplas utilidades:

casa abril hall

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Apartment Therapy / The Foxtrotter / Casa Abril

Operação transformer

Essa semana comprei as tintas pra minha nova casa e confesso: aquele pequeno instante do preparo da tinta é sempre muito especial pra mim. É que dentro daquelas latas contém um cenário, aquele que criou na sua imaginação, junto com todo o arsenal de móveis e acessórios. A expectativa é grande e não vem só acompanhada da condição visual, mas de muitas sensações que se permitiu sentir só em pensar nos espaços prontos. Tinta é mesmo algo fantástico, mexe com a gente, vai na parede, móvel, chão, teto e  tem um poder de persuasão e transformação danado. Quer uma prova?

foto 1

Um lugarzinho sem a menor graça, incapaz de provocar qualquer estímulo, com uma boa dose de tinta e um bocadinho de talento, fica assim:

foto 2

Pintura com cara de papel de parede foi conseguida com muito esmero e graças a boa e velha fita adesiva, almofadas foram confeccionadas com uma bela seleção de estampas festivas e até o tapete entrou na fila da mão na massa.

foto 3

foto 4

foto 5.1

foto 5

foto 6

Embora existam inúmeras soluções com grandes resultados para aqueles momentos de mudança, acho que a tinta ainda é a alternativa mais revolucionária de todas, é praticamente seu sonho vendido em lata.

Aqui tem todos os detalhes.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Curbly / Shift CTLR Art

Quando o cesto substitui a prateleira

Embora a prateleira seja uma excelente opção para lidar com a falta de espaço e auxiliar na organização, existem determinadas situações, como as características do próprio espaço ou dos objetos a serem organizados, que demandam outro tipo de suporte. É aí que os cestos presos à parede podem entrar em ação, desempenhando uma função bem próxima a das prateleiras, só que com um caráter bem particular. São disponíveis numa grande variedade de materiais e modelos e podem ser uma boa pedida para dar um toque especial e deixar nos trinques aquele cantinho meio bagunçado.

the marion house book basket

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: The Marion House Book

Para cantos difíceis e dias nublados

Não sei dizer que espécie de ambiente é esse, só sei que achei bem bacana, principalmente para um dia nublado como o de hoje. Um móvel antiguinho estampado, uma prateleira com uma diversidade de bibelôs, uma cadeira bem estilosa e ainda flores, muitas delas. E, se não bastasse, um tapete de pompons. Uma formulinha  interessante para testar naqueles cantos difíceis, quase ingratos. Pra ajudar na empreitada, aqui tem o tutorial do tapete de pompons. Já é um bom começo, né?

medetlekentsinn.blogspot.com.br

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Med et lekent sinn

Combinações: vaso + mesa

79 ideas i

apart therapy 8

79 ideas

apart therapy

boho deco chic

CEPAYNASI

chic decó

decoholic

desire to inspire 663299650

dustjacket 9

french by design

lovemademedoitx

planete deco 309

rural girl

simplypix.tumblr

skonahem table

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: 79 Ideas / Apartment Therapy / Boho Deco Chic / Cepaynasi / Chic Decó / Decoholic / Desire to Inspire / Dust Jacket / French by Design / Love made me do it / Planete Deco / A Keeper / Simplypix / Skona hem

Blog no WordPress.com.

Acima ↑