Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

Categoria

Banheiro

Banheiro clean

Os banheiros coloridos, com direito a ladrilhos hidráulicos e toque de madeira rústica me agradam bastante, não nego. Mas um banheiro básico, com detalhes bem pensados e alguns pormenores, me fascinam.

Remodelista2

Boa iluminação e facilidade na limpeza são itens indispensáveis num banheiro que se preze, seja ele de qualquer dimensão. Por conta disso, esse tipo de revestimento nas paredes, também conhecido como subway tile, é uma ótima pedida. Com suas linhas alongadas e numa cor clara, já transmite aquela sensação de limpeza e amplitude.

Remodelista3

E o basicão pode vir acompanhado de algumas entrelinhas, como um belo móvel planejado de madeira com o elegante mármore branco. Uma peça feita no capricho, que remete a uma cômoda. Mais detalhes ficaram por conta dos puxadores, um generoso espelho de linhas retas e objetos bem pontuais.

Remodelista4

Remodelista5

Contar com um banco, banqueta ou cadeira não é apenas adorno, mas garantia de conforto para uma troca de roupa. Vidro é outro elemento de fácil manutenção, que não compromete a iluminação e não cria barreiras visuais, mantendo as mesmas características sutis.

Remodelista6

E para não comprometer a linguagem minimalista, nichos de alvenaria suprem a necessidade de suportes presos à parede.

É o tipo de projeto total flex que resiste ao tempo,  que pode mudar de caráter totalmente com um toque aqui e outro ali e que, com algumas adaptações, se encaixa a qualquer metragem.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Remodelista

Um banho de charme

Ele é de alvenaria, com linhas retas que não implicam com ninguém e dotado de grande praticidade. Uma bela releitura dos banheiros rústicos revestidos com ladrilhos hidráulicos, que aqui deram lugar para um acabamento com padrões geométricos e detalhes dourados, incluindo um grande clássico que sempre contribui com um toque de elegância: arandelas ao lado do espelho. Um modelo de banheiro para pequenos ou grandes espaços, que se adapta bem a diversos estilos e que pode assumir tranquilamente uma nova personalidade com a troca de alguns acessórios.

dustjacket attic bath

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Dust Jacket

Armários estratégicos

Novamente, vou tocar nesse assunto tão complicado que é dilema pra muita gente: falta de espaço. Dessa vez, no banheiro, que costuma ser o lugar mais apertado de todos e que, de quebra, ainda demanda vaga pra armazenamento de um tantão de coisas. Se o danado mal acomoda a pia + vaso sanitário, o que dirá de um armário extra…Mas essa vasta rede de computadores sempre nos surpreende e, quando menos se espera, uma boa alternativa se apresenta:

flor.com:blog

Nichos com portinha muito bem posicionados acima do vaso, ocupando um espaço que estava completamente sem função. Os nichos ganharam o mesmo acabamento do balcão da pia e a composição acompanhou o espelho, garantindo uma unidade bem interessante.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Musings

Nem tanto ao mar, nem tanto à terra

jeito de casa

Difícil encontrar alguém que não curta um ladrilho hidráulico. Com a vasta gama de cores e estampas, tem para todos os gostos. Infelizmente, não podemos dizer que o mesmo se aplique a todos os bolsos. No entanto, se eleger uma pequena área, mas com grande visibilidade, poderá desfrutar dos famigerados ladrilhos sem um grande investimento.

desire to inspire

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Jeito de Casa / Desire to Inspire

Por um banheiro descomplicado

Banheiro pequeno não precisa ser sinônimo de feiura, assim como projetos funcionais de marcenaria nem sempre significam uma enorme soma de dinheiro.

pinterest.com:lusi 2

Tudo executado em linhas simples, onde as estruturas se assemelham a nichos. Cada detalhe foi pensado para otimizar, como a moldura do espelho que possui espaço para ser aproveitado e o gabinete da pia que serve para pendurar a toalha e esconder o encanamento. Pra dar uma alegria maior ao projeto, nada que uma cuba e acessórios coloridos não resolvam.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Pinterest

Superfícies de concreto

Um dos ícones da arquitetura brutalista, o concreto aparente novamente vem dando as caras em muitos projetos. Pra quem curte linhas retas, é um prato cheio. Do concreto, se faz parede, piso e até mobiliário. E, para equilibrar sua frieza, nada melhor que apostar em elementos orgânicos, aqui exemplificados em madeiramento exposto, cestos e até uma cuba cujo revestimento é feito de pedras. O lustre é mera cereja do bolo!

Se o cinza não agrada, sem problemas, dá pra adicionar pigmentos e ter um acabamento colorido. Hoje já é possível encontrar misturas prontas, mas sem dúvida a chave do sucesso é encontrar mão-de-obra especializada, pois esse tipo de execução não é tão simples quanto parece. Enfim, fica a dica!

Conheça a fanpage do Forma:Plural aqui.

Fonte: Geisslein

 

Lugar ingrato: banheiro de lavanderia

O coitadinho é o último na lista de prioridades. Mentira? Normalmente apertado, ainda serve até para armazenar os cacarecos que a gente não usa mais.

Aqui em casa não foi diferente. Quando me mudei, há um ano e meio, tínhamos uma suíte de serviço. Pelo nome, parece grande, mas o trem era bem apertado.

Era um quartinho na lavanderia com um banheirinho acoplado. Quando bati o olho, logo pensei: preciso arrumar uma função para esse espaço, caso contrário se tornará o poço da bagunça eterna.

Abri uma parede no corredor interno e o quartinho virou uma sala de TV. Só cabe um sofá ( que entrou com muito custo ) e um futon que é mega concorrido pelas pessoas que vem passar a noite aqui. Um dia essa sala virará um post também…

Subi uma parede a fim de isolar o banheiro e abri uma porta na lavanderia, utilizando a mesma porta antiguinha, de madeira de verdade, que pertencia à entrada do quarto.

Como tinha super pouco tempo de disponibilidade do pedreiro, que já estava com algumas obras agendadas, e a casa tinha outras prioridades, a saída foi apelar para o lema: ” se não pode com eles, ao menos tente confundi-los”.

Com a transformação, fiquei apenas com metade da parede azulejada. Ou quebrava e trocava tudo, que seria insano pelo prazo, ou tirava proveito disso. Fui na segunda opção.

Para evitar problemas na área úmida da pia, coloquei meia dúzia de azulejos hidráulicos, que deram o contraste que queria juntamente com a parede pintada na cor cereja.

Investi no espelhinho de ferro, que encontrei numa super promoção e tem o acabamento que funciona bem com o desenho dos ladrilhos. O pendurador de toalha e o porta-papel higiênico foram “importados” de Rio Claro, onde reside minha irmã, e são encontrados em lojinhas de 1,99.

Pelas fotos, dá pra sacar que ele é o banheiro da luz vermelha, né? A grande culpada está aí:

A tal lanterna japonesa, também colorida! Essa não foi customizada porque tem alguns recortes que criam uma textura bem bacana na parede e, como o danado é bem apertinho e um pouco escuro, só dá pra fotografar com a luz acessa, o que dá esse tom avermelhado nas fotos.

Na parede azulejada, que estava um pouco pelada, prendi com washi tape esse tecido. Sim, uso um monte de coisas que publico aqui no blog lá em casa. A washi tape também serviu para fazer o acabamento nos azulejos, criando uma liga melhor com a parede pintada.

Repararam que nem o banheiro escapou de um crochezinho? Como o registro estava pra lá de feinho e tinha uma florzinha dando bobeira, resolvi vesti-lo. A porta também ganhou três corações de crochê pra não ficar com ciúmes.

E, por incrível que pareça, é o banheiro mais usado aqui em casa, pois tem acesso direto com o espaço externo utilizado em dias de festa. Valeu a promoção de lugar ingrato para apenas uma banheiro apertado, mas com algumas alegriazinhas.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Privacidade para todos os gostos

Fontes: Apartment Therapy / House of Turquoise / Oh Joy / Trendey

Blog no WordPress.com.

Acima ↑