aestate.be

Quem nunca passou um perrengue lascado com uma cozinha pequena? Pois é, e isso infelizmente se torna cada vez mais um fato bastante comum. Pra driblar esse sufoco, tenho visto muita gente traduzir aperto em aconchego, elaborando cozinhas super charmosas e acolhedoras em espaços bem enxutos.

virlova style

Pra dar uma geral no que essas cozinhas têm de bacana e que não costumam dar ruim, separei alguns tópicos:

Madeira: seja no piso ou nos armários, em seu estado natural ou pintada, a madeira sempre dá as caras nesses ambientes apertadinhos e tão gostosos como um abraço, mesmo que seja em dose homeopática. É um recurso certeiro!

Prateleiras: nada de entupir a cozinha de canto a canto com armários planejados. Invista em prateleiras, mesmo que sejam executadas no próprio armário, pois elas ajudam a dar um movimento legal ao ambiente com objetos expostos. Além disso, a real é a seguinte: se o espaço é pequeno, é preciso aprender a conviver com menos, não tem jeito.

apart small corre

Plantas e adornos: viver com menos é uma coisa, viver sem uma pitada de graça é outra. Mesmo a cozinha sendo um ambiente onde a prioridade é a praticidade, é fundamental que ela seja humanizada para ser acolhedora. Nesse quesito, adornos diversos e plantas são os parceiros perfeitos para se ter sempre por perto.

Apoio: pode ser um móvel planejado executado com um balcão para apoio, pode ser uma pequena ilha com rodízios encostada num canto da parede, pode ser uma prateleira que funciona como balcão. Apesar da metragem enxuta, é super importante prever qualquer tipo de apoio para auxiliar no preparo e até mesmo servir como mesa para refeições rápidas.

12802888_1038513946194959_6500630702463079595_n

Uma cozinha pequena e com algo a mais é um recinto bem tratado e bem vivido, que entende de funcionalidade mas que jamais se esquece de que, mesmo bem pequena, ainda assim é o coração da casa.

Siga o Forma:Plural no Facebook e no Instagram.

Fontes: Aestate / Virlova Style / Apartment Therapy