E por que não? Uma boa história vai com a gente pra qualquer lugar, é feita para ser contada, ser lida, relida, ser vista. E extrair  a mesmice das coisas faz um bem danado.

DSCN2175_A

Uma única cor, uma cor vibrante, seis cores numa única parede, meia parede, tecido colado na parede. A verdade é que as minhas paredes já viram um bocado de coisas. Mas foi nessa última mudança que reservei uma parede, nem das grandes, para ter algo especial. O que seria? Não tinha a menor ideia…Pensei em recortes adesivos, imaginei palmeiras com cores radiantes, mas foi numa livraria que encontrei o que procurava: o papel de parede dos meus sonhos estava na forma de um livro, um grande clássico com ilustrações de Yayoi Kusama.

DSCN2152_A

DSCN2182_A

Admito que a ideia de desmontar um livro todo e colá-lo me deixou um pouco perturbada, por outro lado seria a oportunidade única de ter um livro sempre aberto. E assim, Alice, tipografias, criaturas falantes e até um chá maluco entraram para a história dessa casa. E quem entra ou sai inevitavelmente faz uma pausa para leitura, observa mais detalhadamente algum desenho ou apenas sorri. E extrair sorrisos também é uma coisa muito boa de se fazer!

DSCN2187_A

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.