Busca

Forma : Plural

Releitura do viver bem

mês

fevereiro 2014

Adicionando valores

planete deco mesa

Durante anos a estética foi vista assim: materiais nobres não se misturavam com outros de menor valor, estilos diferentes nunca eram vistos no mesmo ambiente. Finalmente, nos enchemos de coragem e resolvemos experimentar e perceber que o barato se mescla com o caro e que o todo sai ganhando, que a diversidade torna os espaços mais interessantes e personalizados, que investir numa única peça de design ao invés de um conjunto completo pode ser suficiente, que a cadeira revestida de veludo se destaca muito mais numa mesa rústica e essa por sua vez lucra um toque de glamour. Não existe uma regra, existe o exercício da tentativa e o bom senso.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Planete Deco

Ideias

A gente sempre encontra uma ideia que cabe no bolso e funciona para o propósito que temos em mente. Sempre existem aquelas que são um pouco mais polêmicas, como as paredes escuras. Ok, uma parede escura requer sim uma boa iluminação para não se tornar pesada, mas elas camuflam as imperfeições como ninguém. Então, que tal adotá-la na parte externa, onde não falta iluminação natural e a parede pode não estar super lisinha e tão bem acabada assim?

2modern blog escura

Puxador é um detalhe sutil, bem fácil de colocar e trocar, e proporciona uma transformação instantânea em qualquer móvel.

donkey and the carrot

Tem vezes que a janela pede uma cortina, mas sua função é apenas dar uma quebrada de leve na luz. É aí que entra o voil, um tecido bem fininho que se movimenta a qualquer sopro de vento e disponível em várias cores e estampas.

79ideas_indigo)curtain

Se a mesa da cozinha é bem modesta, isso não quer dizer que ela precisa ser esquecida. Dê a ela um belo pendente de acompanhamento e notará que de modesta ela não terá mais nada.

Bjurfors

Procura algo que tire o ar convencional de sua parede? Pinte molduras à mão livre ou com a ajuda de stêncil e recheie com imaginação.

franch by design frames

Banquinho é uma peça extremamente versátil, mas se tivesse um assento um pouco mais confortável poderia ficar muito melhor. Nada que uma almofada e uma amarração não possam solucionar e ainda criam uma bossa interessante.

riazzoli

A mesma questão do conforto do banquinho também pega aqueles que gostam de ler na cama. Uma cabeceira macia faz toda a diferença e uma chapa de madeira encapada com espuma e tecido não é tão complicado assim de fazer ou encomendar para um tapeceiro.

freshome cabeceira 2

freshome cabeceira

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: 2Modern Blog / Donkey and the Carrot / 79 IdeasBjurfors / French by Design / Riazzoli / Freshome

As tendências, o provisório e o duradouro

Todos os anos, os fabricantes de tintas elegem uma cor, aquela que apostam ser a sensação da vez. Já estamos  vislumbrando muitas delas em vitrines, outdoors, revistas, passarelas,  tanto na nossa terrinha quanto mundão afora. É fato que estamos cada vez mais expostos, inclusive assumindo boa parte de culturas que não nos pertencem. Mas aquilo que deixamos entrar ou não em nossas casas se resume única e exclusivamente a uma palavrinha que se chama “escolha”.

Podemos escolher, em meio à imensidão de itens a que somos bombardeados, aquilo que gostamos ou não. Nada contra tendências, aliás uma de suas facetas que mais admiro é o potencial de abrir possibilidades, elas costumam gerar um questionamento: por que não? Acho isso muito bom, nos renova. O outro lado que não julgo muito interessante é o de adotar determinado item por conta de nos acostumarmos em consequência da tamanha exposição. Muitas vezes adotamos e, em pouco tempo, ele perde o sentido porque não existe conosco uma identidade real. O que acontece? Trocamos.

Também não há mal nenhum nisso, desde que esteja disposto e consciente, afinal cada um escolhe o que melhor lhe serve, temporário ou duradouro. E existem coisas cuja função temporária lhes cai muito bem, foram feitas para essa finalidade. Mas, infelizmente, o temporário vem tomando grandes proporções, a ponto de estipular prazo de validade até para as coisas que gostamos demais. Acredito que seja justamente nesse ponto, quando substituímos o valor apenas pela “forma”, que passamos a habitar casas onde já não somos mais capazes de nos reconhecer.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Por um tampo bem bacana!

Seja uma mesa de jantar, de centro ou lateral, normalmente são os tampos que mais sofrem com o passar do tempo. Mas se o restante da peça está em bom estado, ela é bacanuda e mora no fundo do coração, ela merece um carinho especial. E olha que esse carinho nem requer muita trabalheira, basta uma chapa de vidro nas dimensões da mesa + tecido ou papel. Cole o tecido ou papel na parte inferior do vidro e pronto, tampo novinho em folha e cheinho de charme! E vale também para mesas novinhas se tornarem peças exclusivas.

nicety tampo

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Nicety Livejournal

Caprichando na labuta

Segundona, mesmo com esse sol maravilhoso estampando o céu, é dia de retornar à labuta. Como atualmente muita gente trabalha de casa mesmo, ou acaba desempenhando uma boa parte do trabalho no aconchego do lar, nada melhor que um local inspirador, onde a labuta possa rolar mais suave.

Para as pessoas com espírito bem festivo, os acessórios coloridos são uma ótima escolha e, quando enjoar, dá para elaborar uma outra versão sem maiores transtornos.

camillestyles office 1

No cenário acima, as cores vibrantes adicionadas do toque da cor preta se equilibram, mas se preferir algo menos radical, para um espaço mais modesto que acomode uma quantidade menor de itens, aí vai:

chic deco

A tela com dimensões generosas ajuda a delimitar o espaço do home office e peças bem humoradas deixam o visual mais divertido.

my paradissi 1

Aqui, quem delimita o espaço é uma passadeira ( achei uma ótima ideia! ) e uma mesinha lateral dá um reforço ao espaço que falta na mesa.

camillestyles office 2

A madeira é atemporal e funciona bem com qualquer coisa. Adicionando outros elementos naturais ao conjunto, como fibras e plantas, o aconchego se torna imbatível.

dekobook

Parede escura, por que não? Com objetos certeiros e de cores fortes, o espaço “acende”.

ideal house

Aqui, uma bela mistura de elementos naturais com um tapete de encher os olhos. E ainda um sofazinho bem estratégico.

planete deco 39

planete deco 40

Num visual mais clean, as luzes decorativas e uma tela de arame com ilustras e fotos imprimem personalidade e dão leveza.

planete deco er

E, por fim, esse com linhas bem simples e muito elegante, onde a cor dá o ar da graça de forma bastante sutil.

E aí, qual foi o seu favorito?

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Camille Styles / Chic Decó / My Paradissi / Dekobook / Ideal House / Planete Deco

Blog no WordPress.com.

Acima ↑