A combinação é básica, super democrática, elegante, não sai de moda e realça muito qualquer elemento coadjuvante. Com tantos atributos, não me surpreende que essa semana tenha visto e ficado encantada com tantos cafofos que fizeram uso dessa base, cada qual a sua maneira, mas todos  priorizando os pormenores, que os tiraram daquele visual bastante comum e duro quando se elege apenas duas cores marcantes numa paleta.

Muita luz natural, objetos muito discretos garantindo uma pitada colorida e o toque da madeira foram os artíficios para quebrar a ditadura do branco e preto nesse apê do My Scandinavian Home:

foto 2

foto 3

foto 4

foto 6

Esse outro encontrei também no My Scandinavian Home, com uma proposta que insere um mobiliário em tons neutros e itens com apelo retrô. Muito mais recheado de objetos, oras com estampas geométricas, oras mesclando tons vibrantes com  pastel, também é um bom exemplar do branco e preto sem monotonia:

foto 7

foto 9

foto 12

E, no Planete Deco, encontrei esse que fica no meio do caminho dos anteriores, igualmente encontador, mas com algumas pitadas um pouco mais contemporâneas:

foto 13

foto 16

foto 15

foto 18

Cicando nos links, poderá fazer um tour pelos três e poderá reparar em cada particulidade e notar o quanto o bom e velho branco e preto é fantástico e permite inúmeras possibilidades.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Anúncios