Segundona, pós-feriado, a gente vai pegando no tranco, não queremos assuntos muito complicados. Fugir um bocadinho dos padrões habituais vai bem, aliás em qualquer dia da semana é um ótimo exercício. E quando ainda dá para aliar economia de espaço e uma boa sacada, a coisa toda fica ainda melhor.

Então hoje vou falar sobre bancos empilhados, algo que se assemelha a uma instalação e que, na verdade, é uma releitura de estante, só que com uma pegada mais dinâmica: cada banco pode ter uma cor, trazendo uma felicidade grande ao ambiente e, quando rola o excesso de visitas, basta tirar um deles da pilha e pronto.

arquitetura do imóvel p

Para quem não curte uma mistura colorida, bancos bem neutros, que ficam igualmente bonitos.

arquitetura do imóvel j

E tem também modelos diferentes, dispostos de forma assimétrica, onde a cor garante a unidade da instalação.

casa de valentina

E lembre-se que existe vida além da oferta de modelos prontos. As tábuas e vigas de madeira rendem modelos bem interessantes e fáceis de fazer, sem dizer que não é nada difícil encontrar algum abandonado numa caçamba ao término de construções.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Arquitetura do Imóvel / Casa de Valentina