A tradicional cozinha branca e abarrotada de móveis planejados em todas as paredes possíveis. Esse é o retrato mais encontrado mundão afora, afinal é um cômodo que necessita permanecer constantemente limpo, organizado e que demanda muitas vagas para armazenamento. A tendência de se tornar monótono e semelhante a um centro cirúrgico, principalmente com o uso de muitos elementos em inox, é enorme.E, sem dúvida, esse poderia muito bem ser o destino dessa cozinha.

damask et dentelle 1

Móveis por todos os lados sim, mas nada de simetria. Prateleiras se revezam com módulos abertos e fechados, mantendo-se alturas diferentes, o que contribui para criar padrões visuais bem distintos. A madeira da bancada quebra toda a frieza do inox, trazendo aconchego e proporcionando uma boa área de trabalho.

detalhe

Na parede de maior destaque, uma inserção estampada certeira. Nesse caso, imagino que tenha sido utilizado um papel de parede específico, mas nada que papel para scrapbook, papel de parede convencional e até tecido não possam solucionar, desde que sejam protegidos por uma chapa de vidro.

damask et dentelle 2

E um item que faz uma tremenda diferença: puxador de armário. Uma simples troca para um modelo colorido ou menos convencional pode transformar qualquer móvel. Uma boa alternativa são os de madeira, que podem ser pintados na cor desejada ou então os de resina, cujo investimento é pequeno e são disponíveis em vários formatos. Não me esqueci da geladeira, mas aí já é muita covardia…

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Damask et Dentelle