Gosto de casas com cantos, um cantinho dentro de outro. Aquelas que estão prontas para virarem outras a qualquer instante, basta empurrar uma coisa pra lá e outra pra cá e pronto.

Não se trata exatamente de uma casa dos sonhos, mas de uma casa de possibilidades, onde todos os elementos foram chegando ao longo do tempo e se encontraram com outros comprados em função da necessidade do momento.

Casa de gente que dá permissão constante para a luz entrar, que expõe seus gostos e que torna qualquer pedacinho habitável. E que faz todo o alicerce seguir o fluxo da vida.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fonte: Cosas de Palmichula