…daí é que não sai nada. Barão de Itararé tem algumas frases geniais, perpicazes e ardidas, mas não dá pra levar tudo a ferro e fogo, sempre existem algumas exceções.

Por exemplo, móveis vendidos em hipermercados. Muita gente torce o nariz, mas tem muita coisa que cumpre super bem sua função, como estantes de metal:

E nada que um tapa ou um pouco de tinta também não possa contribuir para dar um gás na peça:

Lona é outro material bastante acessível, resistente e que pode assumir muitas identidades. Pra tapar o sol naquele puxadinho:

Associada ao ilhós, que pode ser colocado numa sapataria mesmo, e presa por cabo de aço, é uma solução que também dá conta do recado.

Essa foto aqui me chamou a atenção pela quantidade de elementos, mas precisei acostumar um pouco a visão para entendê-la. E não é que possui boas sacadas também?

Bem ao lado da cama, um painel perfurado se encarrega de acomodar brincos e colares. Caixas empilhadas fazem as vezes do criado-mudo. Um tecido faz a “divisão” cama / suposto closet, que por sua vez é composto de uma arara elaborada com cintos e, pelo que me sugere, um desses canos com tamanho ajustável.

Pois é, muitas vezes a gente se surpreende.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Pinterest / Remodelista /79 Ideas / Cush and Nooks

Anúncios