Ah, como ela fica mais fácil! No mesmo instante em que está se aborrecendo com um monte de assuntos chatos, num piscar de olhos, ou melhor, num breve imaginar, já deu a volta ao mundo, tomou vento na cara e se esbaldou.

A imaginação é um dos dons mais incríveis. É de graça, não tem hora pra começar ou acabar, não é proibida, ninguém precisa ficar sabendo, e dá pra fazer em qualquer lugar. Quer coisa melhor?

A delícia da imaginação é um pouco da desordem que ela cria e trazê-la para o campo das ideias executáveis requer um pouco de coragem. Coragem pra considerar que pode dar errado, mas se der certo, vixi, é uma alegria que só experimentando.

E tem laboratório melhor que a casa da gente pra trazer a sensação do mundo que imaginamos? Traduzir numa peça mobiliária um universo colorido…

Criar um teto de papel…

Ou um espaço iluminado…

Resgatar as boas lembranças da casa da sua avó…

Sentir o conforto e aconchego num momento em que a alegria está pequena:

Trazer ícones que fizeram parte de sua história:

Ter um cantinho para criar enredos:

Ter todas as cores que te inspiram num único lugar.

Desafio gostoso. Se não der certo, imagina outra vez.

Curta a page do Forma:Plural no Facebook aqui.

Fontes: Apartment Therapy / The Design Files / Gliter Guide / The Ultimate / Planete Deco / Pinterest / ZsaZsa Bellagio