É super interessante conhecer uma pessoa e, aos poucos, ir descobrindo todos os seus gostos. Não é uma coisa que se faz de uma hora para outra, demanda um tempo de convivência e um certo aprofundamento para desvendar seu repertório.

Quando entramos na casa de algumas pessoas, parece que muito de sua história rapidamente vem à tona. São retratos, cores, álbuns musicais, posição dos móveis e objetos que traduzem sua forma de viver e até mesmo alguns de seus valores.

E foi isso que me surpreendeu na casa da estilista Shirley Kurata, parece que tudo conspira para que seu universo esteja lá, super à mostra, revelando todas as suas fontes de inspiração.

Fonte: Ingvild Telle