Quantas vezes batemos a cabeça pra encontrar uma pequena peça que possa servir de apoio, guardar livros, virar criado-mudo? Lembre-se daquela velha cadeira abandonada no porão do esquecimento eterno.

Fonte: Zsa Zsa Bellagio