A primeira coisa que percebo quando entro em qualquer casa é na claridade. Pra mim, casa escura é sinônimo de casa triste.

Acho válido o apelo a qualquer tipo de iluminação: abatjour, luminária, lustre de qualquer espécie ou até spots escondidos naqueles troços feitos de gesso. Já até aceitei as lâmpadas frias, embora prefira mil vezes o efeito das lâmpadas nada ecológicas.

O que gosto mesmo é da luz natural entrando pela  janela. Ok, vão me perguntar o que fazer com aquele vizinho de binóculo? Respondo via e-mail, senão a liga dos pudicos se sentirá ofendida!

Fontes:13zor / Chic Decó / Decor8 / Delikatissen